Vale a pena sair do Brasil para morar no Canadá?

Quando nos deparamos com a oportunidade de morar em outro país, geralmente temos que colocar na balança o quanto nós conseguiremos nos desvencilhar de nossos costumes e hábitos para começar a participar de costumes de outros povos.

Além disso, a mudança para outro país vem carregada de pequenas coisas que precisam ser discutidas previamente. Por exemplo, o quanto você é apegado a sua família e amigos, o quanto você consegue se adaptar com facilidade a uma nova cultura, o quanto você está disposto a começar do zero em outro local. Afinal de contas, apesar das muitas vantagens que podemos ter em outros países, chegando lá seremos apenas mais um dos vários imigrantes (isso se por um acaso você não tiver a cidadania do local para onde quer imigrar).

Dessa forma, antes de se aventurar é preciso um planejamento para entender que a adaptação a um lugar diferente não vai ser fácil, a saudade pode apertar e muitos outros fatores pesam. Porém, como diz o ditado, “o tempo é o melhor remédio” e aos poucos você se adaptará a uma nova rotina, aos novos costumes e a até à saudade.

Depois de tudo o que foi exposto será que ainda vale a pena morar no Canadá?

Afinal: vale a pena sair do Brasil para morar no Canadá?

Quem irá responder essa pergunta é você mesmo, mas podemos ajudá-lo com essa decisão. Como todos sabemos, o Brasil apresenta um problema sério de violência e segurança e que aparentemente só aumenta sem nenhuma forma de resolução.

Além desse problema gravíssimo, a educação brasileira, o sistema de saúde, as oportunidades, enfim tudo que envolve a qualidade de vida é bem problemático no território tupiniquim. O Canadá se apresenta como o segundo melhor país em qualidade de vida, ou seja, esses problemas tão comuns no Brasil, não são encontrados no Canadá.

Esses são os principais motivos que uma pessoa pode escolher para sair do Brasil e se dirigir para o Canadá, mas é preciso entender que a adaptação nem sempre será fácil. Existem diferenças linguísticas, climáticas e culturais, mas essas diferenças são muito pequenas quando estamos em busca de uma melhor qualidade de vida e é isso que o Canadá pode proporcionar.

8 motivos para sair do Brasil e morar no Canadá

Vejamos a seguir alguns motivos que demonstram porque vale a pena morar no Canadá. Algumas pessoas acreditam que não têm capacidade de recomeçar, principalmente em um lugar diferente. No entanto, vamos mostrar que para tudo existe uma solução.

Um ótimo país para viver

O Canadá recebeu em 2016 o título de segundo melhor país do mundo para viver, ficando atrás somente da Alemanha. Analisando dessa forma, podemos considerar o Canadá como um ótimo local para habitar.

O país apresenta um forte senso de cidadania, empreendedorismo e facilidade nas áreas de negócio. Graças a esses fatores o crescimento canadense é expressivo e coloca o país como um dos melhores locais para se investir. Dessa forma, se o investimento no país aumentar ainda mais, provavelmente ele se tornará o melhor país do mundo para viver, já que educação, saúde pública, segurança e estabilidade econômica têm índices excelentes.

O Canadá é considerado o segundo melhor país para viver.

Respeito com a natureza

Contando com uma fauna e uma flora exuberantes, o povo canadense percebeu que cuidar da natureza faz bem para o estilo e a qualidade de vida. Assim o Canadá conta com uma grande quantidade de lagos e parques nacionais que ajudam a manter esse equilíbrio, proporcionando imagens maravilhosas, invejadas por outros países do mundo.

A natureza canadense é tão exuberante que independente da época do ano é possível aproveitá-la. No verão é comum as pessoas acamparem, pescarem, fazerem trilhas e velejarem, enquanto no inverno elas fazem esqui ou snowboard.

No Canadá, a máxima viver em vez de sobreviver é vista a todos os momentos.

A natureza canadense é digna de cartão-postal e de imagens de cinema.

Trabalho

O Canadá está em busca de mão de obra qualificada, já que o país apresenta um sólido crescimento econômico e a população canadense é estratificada de tal forma que existem poucos jovens no mercado de trabalho para substituir aqueles que estão se aposentando.

Outra diferença do mercado de trabalho canadense é que não se pode discriminar uma pessoa pela sua idade, uma vez que é proibido perguntar a idade durante uma entrevista de emprego. Portanto todas as pessoas apresentam a mesma chance de serem contratados, o que fará a diferença é realmente a experiência e as qualificações.

Com o crescente avanço econômico, o Canadá está precisando de mão de obra.

Educação pública e de qualidade

Uma das vantagens no que diz respeito à educação é que o ensino básico e fundamental é obrigatório e gratuito para todas as crianças canadenses. Graças a isso, praticamente 90% das crianças estão matriculadas em escolas do sistema público. Para garantir a qualidade do ensino, todas as escolas passam por exames oficiais, o que garante o equilíbrio entre as escolas e faz com que todas apresentem o mesmo nível, suplantando as barreiras socioeconômicas e culturais.

O país leva sua educação tão a sério que estende os privilégios a crianças imigrantes, as quais ao entrar no mercado de trabalho estão em pé de igualdade com crianças nativas canadenses.

O sistema canadense de educação é público e de qualidade, permitindo que todos tenham o mesmo nível de aprendizado.

Imigrantes

O Canadá é uma nação que foi construída por imigrantes das mais variadas partes do mundo. Portanto, o país apresenta-se altamente miscigenado e com integração entre várias culturas. Graças a isso todos os tipos de cultura, costumes e tradições são respeitados e todos os imigrantes que apresentem visto de residência podem ter todos os seus direitos validados, exceto a capacidade de eleger os seus representantes.

A pessoa que imigra para o Canadá e adquire o visto de residência adquire os mesmos direitos que um cidadão canadense.

Questões de igualdade de gênero e discriminação

No Canadá é expressamente proibido fazer qualquer pergunta relacionada a gênero, religião, orientação sexual ou qualquer atividade relacionada durante uma entrevista de emprego. Como foi citado, nem a idade pode ser discutida durante um processo seletivo, já que isso pode ser considerado uma pergunta preconceituosa.

O povo canadense tem muito respeito pelo próximo. Toda e qualquer forma de assédio é considerada crime. Além disso, as questões de gênero são tão importantes para os canadenses que o país foi o quarto do mundo a tornar legal o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O Canadá é um dos países que mais trabalham com a igualdade de gênero, sendo o quarto país a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Saúde pública invejável

Os planos de saúde provinciais (determinados pelas diferentes províncias canadenses) cobrem tanto cidadãos canadenses quanto residentes permanentes. Dessa forma, o cidadão não precisa se preocupar com as consultas médicas ou mesmo com as emergências que podem acometer as pessoas.

É preciso entender que nem todas as modalidades médicas estão cobertas por esses planos de saúde. Entretanto, quando isso ocorre, as empresas se prontificam a fornecer os planos adicionais, possibilitando a máxima cobertura médica para os seus funcionários.

A saúde pública canadense também tem um lugar de destaque entre as vantagens em morar no país.

A simpatia do povo canadense

Considerados um dos povos mais educados do mundo, os canadenses também são extremamente polidos e prontos a ajudar. Isso é muitas vezes observado pelo esforço dos cidadãos em ajudar turistas perdidos, principalmente quando estes não dominam o idioma local.

A simpatia e a capacidade de ajudar do povo canadense é uma forma de o imigrante se sentir mais conectado com a cultura do país.

De certa forma, imigrar para o Canadá é a escolha certa se você já se decidiu por morar fora do Brasil. O Canadá é um dos países que mais sabem receber os imigrantes e o país está realmente precisando de mão de obra, uma vez que o seu crescimento econômico é muito mais rápido que o crescimento populacional.

Com tantos atrativos e ainda contando com uma série de serviços gratuitos, principalmente voltados para auxiliar estrangeiros, que vão desde auxílio para a proficiência de seus dois idiomas oficiais até a busca por empregos, a resposta para a pergunta “vale a pena morar no Canadá?” é sim, vale muito a pena.

Entretanto é preciso entender que a imigração não será fácil, mas com força de vontade e adaptação tudo será resolvido e o Canadá se tornará o seu novo lar.

O que achou das vantagens de morar no Canadá? Se tiver outras dicas ou sugestões, deixe seu comentário. Continue acompanhando nossas publicações e compartilhe-as em suas redes sociais. Sua participação é muito importante para nós.

Topo