Quem possui passaporte europeu precisa de visto canadense?

O turista que quiser entrar com o passaporte europeu no Canadá não precisa da emissão de um visto. Isso é válido para quem irá ficar no país por, no máximo, 180 dias. Esse período vale, inclusive, para quem for estudar. Vale ressaltar que, nesse período, o turista não está apto a trabalhar legalmente no país.

No entanto, mesmo com a não necessidade de solicitar o visto em estadias máximas de 180 dias, as pessoas que possuem um passaporte europeu devem preencher um requerimento específico para entrar em território canadense.

O documento conhecido como visto eTA (Electronic Travel Authorization) deve ser preenchido online, permitindo ao governo local determinar se o passageiro é elegível para entrar no Canadá antes mesmo da sua viagem. O eTA tem um custo de apenas 7 dólares canadenses.

Os portadores desse tipo de passaporte estão sob esse regime desde 1º de agosto de 2015. A partir de 15 de março de 2016, cidadãos de países como Austrália, Nova Zelândia, México, Chile, Japão, República da Coreia e tantos outros também passaram a precisar apenas da emissão do eTA para entrar no Canadá.

Já alguns cidadãos brasileiros que não possuem cidadania europeia e, por consequência, o passaporte europeu que permite entrar no Canadá, também podem, desde 1º de maio de 2017, solicitar o eTA para ir ao país.

Turista com passaporte europeu não tem necessidade de tirar visto para entrar no Canadá.

Só preciso de um passaporte europeu para entrar no Canadá?

Viajar com um passaporte da Europa para o Canadá, além do eTA, não significa que você estará isento de preencher algumas solicitações básicas do governo local. O oficial da imigração poderá questionar sobre as suas intenções no país.

Você vai precisar mostrar que cumpre os demais requisitos para entrar em território canadense, como a realização de um exame médico prévio em uma das clínicas autorizadas pelo próprio governo do Canadá. Outra solicitação é comprovar fundos financeiros suficientes para sua estadia no país.

Vistos para longa permanência

Possuindo esse passaporte ou não, para permanecer no Canadá por mais de 180 dias é necessária, sim, a solicitação de um visto, seja para estudo ou trabalho. No caso de estudantes de idiomas, o visto não o autorizará, ainda, a trabalhar legalmente no país.

Ressaltando que o tempo de processamento de um visto para um cidadão europeu é basicamente o mesmo que para um cidadão brasileiro.

Você já conhece o eTA visto eletrônico para o Canadá? Agora ficou fácil viajar para o país. É rápido e o melhor, tudo online! Entre em contato para mais informações.

E você, já usou um passaporte europeu no Canadá? Como foi o processo de solicitação do eTA? O que mais precisou providenciar para entrar no país? Conte as suas experiências por meio dos comentários.

Topo