visa canadá

Quais países estão isentos do visto canadense?

Posted in Eta Canada Blog, Visto

Os Estados Unidos estão isentos ao visto canadense, desde que o viajante esteja de posse de um passaporte americano válido.

Os turistas e estudantes que possuem passaporte europeu (com algumas exceções) também estão isentos ao visto canadense. Isso vale para os cidadãos que não irão ultrapassar um total de 180 dias de permanência no país. Brasileiros que possuam dupla cidadania (brasileira/europeia) se encaixam nesse quesito.

A lista de isentos tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, principalmente a partir de 2016. Alguns dos países beneficiados com essa condição são: Austrália, Nova Zelândia, México, Chile, Japão, Coreia do Sul, Singapura, Emirados Árabes Unidos, entre outros.

Para os portadores de passaporte brasileiro, a isenção chegou a partir do dia 1º de maio de 2017.

No entanto, todos os cidadãos de países que estão isentos ao visto canadense, o que inclui o Brasil, devem solicitar antes da viagem o eTA (Eletronic Travel Authorization). Trata-se de uma autorização eletrônica solicitada online que permite determinar se o passageiro é elegível para entrar no Canadá.

Esse procedimento é endereçado mesmo aos residentes permanentes legais dos Estados Unidos no caso de voar ou transitar por um aeroporto canadense. Eles devem apresentar ainda um Green Card e um passaporte válidos no momento do check-in.

Pais e avós de um residente ou cidadão permanente canadense pode ser elegível para um super visto. Um super visto permite a visita ao Canadá por até 2 anos por vez. É um visto de várias entradas com validade de até 10 anos.

Cidadãos canadenses, o que inclui aqueles com dupla nacionalidade, e cidadãos canadenses-americanos, precisam somente portar um passaporte válido.

Quem tem direito ao eTA?

São duas as situações as quais um brasileiro terá o direito ao eTA:

1 – Para quem já tenha tirado o visto canadense nos últimos 10 anos (seja para turismo, estudo ou trabalho), mesmo que ele já tenha expirado sua validade;

2 – Para quem possua um visto válido para entrar nos Estados Unidos.

A validade do eTA Canada é de 5 anos ou até que seu passaporte expire. E a permanência no país com esse requerimento deve ser de até 6 meses. Ou um pouco menos, dependendo do funcionário da imigração.

Essa atitude irá facilitar a vida de quem deseja fazer uma viagem de curta duração ao Canadá. Intercâmbios, cursos de idiomas, negócios e turismo são alguns exemplos mais comuns de situações que são privilegiadas com essa medida do governo local.

O eTA Canada é válido apenas para viagens aéreas. Para outros métodos de viagens (terrestres ou marítimos) o sistema anterior não muda.

Cidadãos que não preencham os requisitos citados terão que solicitar um visto regular para entrar no Canadá. Principalmente aqueles que pretendem ficar por mais de 180 dias no país.

Em caso de possuir um visto negado para qualquer outra nação, não poderá solicitar essa autorização canadense.

Quem está isento também do eTA?

Estrangeiros com documentos oficiais do Canadá

  • Viajantes com visto canadense válido;

  • Viajantes com status válido no Canadá (visitante, estudante ou trabalhador) que retornam ao país depois de visitar apenas os Estados Unidos ou Saint-Pierre e Miquelon – antiga colônia francesa próxima à província canadense de Newfoundland and Labrador.

Estrangeiros nas seguintes condições:

  • Cidadãos franceses que vivem em Saint-Pierre e Miquelon e voam diretamente para o Canadá a partir da colônia francesa;
  • Estrangeiros que são passageiros destinados ou provenientes dos Estados Unidos em um voo com escala no Canadá apenas para reabastecer e que possuam documentos adequados para entrar nos Estados Unidos ou foram legalmente admitidos nos Estados Unidos;
  • Estrangeiros que são passageiros de um voo que faz uma parada não programada no Canadá;

  • Estrangeiros que trafegam em um aeroporto canadense sob o programa Transit Without Visa ou China Transit Program.

Viagem e representantes oficiais

  • Tripulação de voo, inspetores de aviação civil, investigadores de acidentes que estão ou estarão a trabalho no Canadá;

  • Membros de Forças Armadas (exceto componentes civis de uma força armada) de um país designado para desempenhar suas funções oficiais;

  • Diplomatas credenciados pelo governo do Canadá.

As informações contidas nesse artigo estão baseadas no site oficial do governo canadense em sua página “Requisitos de entrada por país/território”.

E você, se encaixa em algumas das situações ligadas à isenção ao visto canadense? Ou precisa apenas do eTA para entrar no país?

Compartilhe com a gente suas dúvidas, curiosidades ou experiências a respeito do assunto. E continue a acompanhar nossos artigos sobre o Canadá.

Topo