Filmes e séries que são gravados no Canadá

Posted in Cultura, Entretenimento, Eta Canada Blog

Vancouver, localizada a oeste do Canadá, é conhecida no meio cinematográfico por ser a Hollywood do Norte. Os primeiros filmes foram gravados em 1910 e, a partir disso, a produção só aumentou. Outras cidades começaram a serem utilizadas e Toronto ganhou grande notoriedade, estabelecendo-se como uma das principais sedes para a indústria.

O termo Hollywood North se popularizou nos anos 70 com a grande demanda por gravações nessas regiões. Isso acontecia basicamente pelo orçamento mais baixo na província canadense, além da proximidade com os Estados Unidos. Outro motivo está nas paisagens oferecidas e no clima favorável para os dias de filmagens, com iluminação ideal.

Você já deve ter assistido a algum dos filmes ou seriados gravados no Canadá, mesmo sem saber que aqueles cenários não eram realmente alguma cidade dos Estados Unidos na qual a história se passa. Confira abaixo uma lista com algumas produções recentes!

<h2>Filmes e Séries gravados no Canadá</h2>

Supernatural

Os irmãos Dean e Sam Winchester, ao lado de Castiel, viajam por todo o Estados Unidos na série. Créditos: Divulgação

O seriado Supernatural, estreado em 2005, não tem uma locação específica. Os irmãos Sam e Dean Winchester viajam por todo o território dos Estados Unidos no programa, desde a Califórnia até Nova York. Na verdade, o local de produção para todos os destinos é a província da Colúmbia Britânica.

Grande parte das cenas são gravadas em Vancouver, que consegue se camuflar como muito mais do que só uma cidade. Eles passam por parques, centros urbanos e florestas do Canadá que, em cena, transformam-se no Kansas, Texas, Wisconsin e muitos outro lugares.

Outra locação utilizada pela equipe de Supernatural é a comunidade de Fort Langley, conhecida por ceder gravações para muitas produções audiovisuais. O local fica a menos de uma hora de carro de Vancouver e é bastante frequentado por turistas e fãs da série interessados em conhecer o cenário dos episódios.

Once Upon a Time

Na adaptação televisiva, as personagens dos contos de fadas são levadas para o mundo real. Créditos: Divulgação

Once Upon a Time é um programa da emissora ABC em que muitas cenas são gravadas em espaços externos, como por exemplo florestas e vilas. A série de fantasia teve início em 2011 e produziu 7 temporadas, todas gravadas no Canadá.

Na televisão, o drama de conto de fadas se passa na cidade fictícia de Storybrooke, situada na região de Nova Inglaterra, no nordeste dos Estados Unidos. Os principais locais utilizados para representar a série, no entanto, são Vancouver e Steveston.

Steveston foi o lugar ideal encontrado pela produção de Once Upon a Time para realizar as filmagens. É lá que se encontra a Granny’s Diner, cujo nome real é Cannery Cafe, importante locação presente desde o primeiro episódio do seriado.

A biblioteca pública de Storybrooke também é vista frequentemente na série. Na vida real, o cenário costumava ser um prédio industrial em Richmond, hoje desativado, e que acabou se tornando atração para os fãs. O relógio na torre que aparece em Once Upon a Time foi adicionado por computação gráfica para compor a história.

Arrow/Flash/Legends of Tomorrow/Supergirl (Franquia DC, da emissora CW)

Os personagens do Arrowverse se encontram na TV em um crossover de episódios. Créditos: Divulgação

A franquia de super-heróis da editora DC é conhecida na televisão como Arrowverse, exibida no canal CW. A primeira série adaptada dos quadrinhos foi Arrow, em 2012, seguida por The Flash, Supergirl e mais recentemente Legends of Tomorrow, que reúne mais de um protagonista. O que poucos telespectadores sabem é que os heróis estão salvando o mundo em Vancouver.

Com exceção da primeira temporada de Supergirl, todo o restante do conteúdo das séries é gravado no Canadá. Em um trecho da rua Homer Street, no centro de Vancouver, por exemplo, é possível reconhecer um lugar utilizado em uma cena do primeiro episódio da segunda temporada de Supergirl, quando o Superman salva uma família. O lugar também foi usado na série The Flash.

O universo das HQs criou cidades fictícias para ambientar seus heróis, mas todas estão localizadas nos Estados Unidos. Para a produção, a prefeitura de Vancouver é usada na representação da sede da polícia de Central City, cidade do Flash. Áreas como o parque Harbour Green, o Bloedel Conservatory dentro do parque Queen Elizabeth, e Vancouver Seawall também são populares locações das séries.

Deadpool

O excêntrico herói Deadpool na cena de abertura de seu primeiro filme. Créditos: Divulgação

O cômico filme de super-herói do universo Marvel não revela em qual cidade se passa. Nada é confirmado e os nomes das ruas vistos em placas são inventados, mas o mais provável é que Deadpool vive em Nova York. Apesar de não sabermos com certeza onde os personagens estão, sabemos pelo menos que o filme foi gravado em Vancouver.

As gravações de Deadpool aconteceram em 2015, lançado nos cinemas no início do ano seguinte. A equipe trabalhou tanto em estúdios quanto em locações externas no longa. A cena de abertura do filme acontece no Georgia Viaduct, um elevado que liga o centro de Vancouver ao distrito de Strathcona. Na pós-produção, foi adicionada computação gráfica para criar uma cidade diferente.

Saga Crepúsculo

As cores escuras e temperaturas frias são uma marca da Saga Crepúsculo. Créditos: Divulgação

A mundialmente famosa saga de livros Crepúsculo, com o primeiro volume adaptado para os cinemas em 2008, se passa na pequena e pacata cidade de Forks, nos Estados Unidos. Com a série, Forks, que possui menos de 4.000 habitantes, ficou conhecida por ser o novo lar de Bella Swan e também de vampiros e lobisomens.

Nem todos os filmes foram gravados no Canadá, dividindo as locações com o norte dos Estados Unidos. A escola e a casa da protagonista, por exemplo, são encontradas no estado de Washington. Mas a partir do segundo filme, Lua Nova, grande parte das filmagens foram feitas na Colúmbia Britânica.

A praia La Push foi representada pela reserva Pacific Rim National Park, no Canadá. É um cenário frequentemente usado nos filmes, sendo uma das cenas mais marcantes a conversa entre Bella e Jacob sobre o fato dele ser um lobisomem. Em Lua Nova, Bella mergulha na água de cima de um penhasco localizado em Whytecliff Park.

As cenas dos filmes que se passam em cidades maiores como Seattle e Nova York, como acontece em Amanhecer – parte 1, foram feitas nos centros urbanos de Vancouver. Entretanto, os momentos mais marcantes da saga acontecem em florestas e parques.

50 Tons de Cinza

Em 50 Tons de Cinza, a Colúmbia Britânica faz o papel de Seattle. Créditos: Divulgação

A série de filmes de 50 Tons de Cinza também teve Vancouver como local de gravação, mais especificamente o distrito de Gastown, além do estúdio North Shore. A primeira adaptação, lançada em 2015, acontece em torno de Portland e Seattle, onde vive a personagem Christian Grey.

Nos livros, a protagonista Anastasia Steele se forma na Washington State University, mas na realidade as cenas foram gravadas na universidade de British Columbia. O prédio em que Ana entrevista Christian Grey no início do filme foi representado pelo complexo de Bentall Centre, no centro da cidade em Vancouver.

Perto daquele prédio fica outro ponto inserido no filme: o Coal Harbour, bairro de frente para o mar, onde Grey tem uma cena caminhando. Uma famosa locação, usada em uma variedade de produções audiovisuais, é o Chan Sun Concert Hall, um teatro dentro da University of British Columbia. Em 50 Tons de Cinza, é neste centro de convenções que acontece a cerimônia de graduação de Ana.

Chicago

O grande sucesso de 2002 não foi gravado na cidade que leva o nome do filme

Apesar do nome, o famoso musical não foi inteiramente gravado na cidade norte-americana. A produção fez a captação das imagens externas em Chicago para ambientar o longa, mas o restante do filme foi gravado no Canadá.

A fachada do escritório de Billy Flynn, personagem interpretado por Richard Gere, é o prédio Canada Life Building, enquanto o interior torna-se a famosa Casa Loma. O castelo com aparência gótica funciona hoje como ponto turístico em Toronto, além de ser muito procurado pela indústria cinematográfica.

O tribunal visto no filme é o Ontario Legislative Building, no Queen’s Park e a casa de Kitty Baxter foi encenada pela casa Parkwood Estate em Ontario, outro popular ponto turístico.

X-Men

A saga X-Men já apresentou dezenas de personagens e filmes para o cinema. Créditos: Divulgação

Lembra-se da Casa Loma, mencionada no tópico anterior? A mansão também foi utilizada nas gravações interiores dos filmes X-Men, servindo como a escola de mutantes do professor Charles Xavier. Na história, o lugar leva o nome de Instituto Xavier para Jovens Superdotados, que é essencialmente a base para o filme e os personagens. As cenas externas usam a fachada e os jardins de Parkwood Estate.

A cidade de Toronto é usada para imitar Nova York e até mesmo outros países, como a Polônia no primeiro X-Men, lançado em 2000. Nos dois filmes seguintes da franquia, de 2003 e 2006, a cidade da vez foi Vancouver. Agora, o exterior do Instituto é Hatley Castle, mais uma construção histórica.

Na nova trilogia, o X-Men lançado em 2009 grava cenas teoricamente da Nigéria no campus da University of British Columbia, enquanto o filme de 2014 leva as filmagens para Montreal, se passando pela capital estadunidense Washington. Uma das cenas mais conhecidas, quando Magneto usa seu poder para levitar um estádio, foi feita no Estádio Olímpico de Montreal.

Qual dos filmes ou séries gravados no Canadá em nossa lista é seu preferido? Deixe seu comentário e planeje uma visita às locações mencionadas em nossa publicação!

Topo