Descubra como encontrar o Médico de Família no Canadá

Posted in Eta Canada Blog

O Canadá, assim como o Brasil, possui um sistema de saúde gratuito. Mas, embora ambos disponham de serviços públicos, existem diferenças importantes no modo como os pacientes são atendidos e lidam com os profissionais de saúde. É o caso de quando há a necessidade de procurar ummédico de família no Canadá, por exemplo.

Além disso, as regras variam de acordo com cada região. Províncias diferentes possuem regras específicas, e é indicado, na hora de procurar um profissional de saúde, se atentar para elas.

No Brasil, o SUS (Sistema Único de Saúde) engloba a atenção básica, média e de alta complexidades, os serviços urgência e emergência, a atenção hospitalar, as ações e serviços das vigilâncias epidemiológica, sanitária e ambiental e assistência farmacêutica. O sistema é custeado pelo governo por meio de impostos cobrados da população.

Já no Canadá, a verba de funcionamento do sistema de saúde vem de iniciativa pública e privada. Os médicos são trabalhadores autônomos, que pagam suas próprias despesas, e são custeados pelo governo. E quem contrata seus serviços são os próprios pacientes.

Cabe ao paciente escolher o profissional de saúde que irá atendê-lo. Quem custeia esse atendimento é o governo. Os médicos recebem o pagamento da província para a qual prestam serviço. Por conta dessas especificidades, é muito importante entender as regras e custos dos serviços prestados na sua região.

Existem diversos sistemas de saúde no país e cada província ou território tem o seu.

Há um sistema integrado de saúde com várias clínicas credenciadas pelo governo, as chamadas de Walk-in Clinics, onde não é preciso marcar consulta prévia. É só ir até lá, mostrar seu cartão de acesso e aguardar pelo atendimento.

Alguns serviços são cobrados à parte, e os preços variam de acordo com a região. Como já foi citado, existem diversos sistemas de saúde no país e cada província ou território tem o seu. As variações ocorrem de acordo com a necessidade de cada lugar.

Existem algumas especialidades que não são cobertas pelo sistema nacional de saúde, como fisioterapia, oftalmologia e odontologia. Caso precise de um desses profissionais dessas especialidades clínicas, o cidadão canadense precisa pagar um atendimento particular ou ter planos de saúde que atendam essas necessidades. Muitas das empresas do país oferecem essa assistência extra aos funcionários a um preço menor ou totalmente gratuita, como parte dos benefícios.

Algumas províncias cobram um pequeno valor mensal como auxílio para a rede de atendimento, que pode variar de acordo com a idade. Quem é imigrante tem direito a usufruir do sistema quando passa a ser residente temporário ou permanente no país, com visto de estudante ou de trabalho, superior a oito meses.

O plano em British Columbia, por exemplo, chamado MSP (Medical Services Plan), atende todos os cidadãos canadenses, residentes permanentes. Os principais gastos são pagos pelo governo, porém despesas extras precisam ser pagas mensalmente. Para o governo avaliar quanto cada pessoa terá que pagar, é preciso se cadastrar no plano e depois de cerca de três meses o cartão de acesso fica pronto para uso. O valor mensal a ser pago varia de acordo com uma série de regras, como tamanho e renda familiar, por exemplo.

Para usufruir do sistema de saúde, é necessário que se procure um médico de família no Canadá. Esse profissional acompanhará o paciente e será responsável por quaisquer tratamentos que possam ser feitos ali ou terá um encaminhamento para um profissional especializado.

O que é e como funciona o médico de família

O family doctor, ou médico de família, é o clínico geral que ficará responsável pelo paciente e acompanhará seus tratamentos desde a prevenção de doenças. Caso seja necessário, o médico fará um encaminhamento para um especialista. Todas as pessoas que utilizam o sistema de saúde precisam ter o acompanhamento desse profissional.

Ele que acompanhará o paciente durante sua vida e ficará responsável por seu atendimento. Irá orientar o tratamento e indicar os melhores cuidados, medicação e exames. Um das marcas na saúde canadense é a atuação na prevenção e na conscientização das pessoas sobre sua saúde e qualidade de vida, porque lá se prioriza o bem-estar do paciente no intuito de mantê-lo saudável.

Para consultar qualquer especialista é preciso ser encaminhado pelo médico de família. É ele quem determinará a necessidade de buscar um profissional específico para realização de um exame ou consulta.

Caso seja necessário consultar um ortopedista, ginecologista, cardiologista, dentre outros tipos de médicos especialistas, é o médico de família que fará o encaminhamento para o outro profissional.

Em razão disso, uma consulta com esse tipo de médico é bem mais extensa, porque ele precisa entender com profundidade o caso de cada paciente para saber como suprir suas necessidades. O acompanhamento é feito de perto, e muitos exames que seriam feitos apenas com um especialista podem passar primeiro por ele. Dessa forma, esse paciente não precisa ser encaminhado para outro profissional sem que haja necessidade.

Como escolher seu médico de família no Canadá

É muito importante escolher bem seu médico de família no Canadá. Afinal, ele que irá acompanhar você e atender suas necessidades antes de qualquer outro profissional de saúde. Existem ferramentas que podem ajudar nessa escolha. Além, claro, da indicação de amigos e pessoas próximas, que também podem ser muito úteis na hora de indicar um bom médico para atender você.

Cada província tem um site próprio, onde é possível selecionar o médico a partir de filtros, como a cidade em que pretende ser atendido, os idiomas dominados pelo médico e até o gênero do mesmo.

Após preencher todos os critérios de busca, você receberá uma lista com os nomes, endereços e línguas que os médicos dominam, para que possa entrar em contato com ele e marcar uma consulta.

Também é possível procurar pelo nome do médico e ver se ele aceita novos pacientes, caso tenha sido recomendado para você. O site RateMDs permite ver a disponibilidade dele para receber novos pacientes. É importante ler as avaliações dos médicos disponíveis no site antes de escolher um. Há também o site Opencare, onde é possível buscar por meio de filtros, como proximidade e disponibilidade.

A escolha do médico de família no Canadá é muito importante, pois ele irá acompanhar a pessoa por toda a vida.

O paciente pode pedir a referência de um médico em uma Walk-in Clinic. É necessário preencher alguns formulários. Se puder, leve exames e raios-x que você tenha feito no Brasil, traduzidos para o inglês.

Entre em contato com o Community Health Centre da sua região para saber quando um médico estará disponível. Em Toronto, por exemplo, existe um programa, chamado Health Care Connect, que ajuda o paciente a procurar um médico de família no Canadá.

Você pode, ainda, mudar de médico, caso não se sinta satisfeito, por qualquer que seja o motivo. Muitas vezes, as pessoas encontram o médico ideal depois de terem procurado bastante e passado por experiências diversas, assim como no Brasil. O mais importante é encontrar um profissional ideal para suprir as suas necessidades enquanto paciente.

Relação de sites para procurar médicos por província:

Ontário – https://www.ontario.ca/page/find-family-doctor-or-nurse-practitioner

Manitoba – http://www.gov.mb.ca/health/familydoctorfinder/

British Columbia – http://www.vch.ca/your-health/find-a-doctor/

Quebec – http://sante.gouv.qc.ca/programmes-et-mesures-daide/inscription-aupres-d-un-medecin-de-famille/

Alberta – http://www.albertahealthservices.ca/info/Page13253.aspx

Saskatchewan – https://www.saskatchewan.ca/residents/health/accessing-health-care-services/find-a-family-doctor-in-your-community

Agora que você já entendeu melhor como funciona o sistema de saúde no país e como escolher um médico de família no Canadá, pode navegar pelo blog e saber mais sobre o Canadá. E se ficou com alguma dúvida sobre este artigo, basta deixar seu comentário abaixo. Até a próxima!

Topo