new citiziens

Como se tornar um cidadão canadense?

Posted in Documentação, Eta Canada Blog, Visto

Existem algumas maneiras de se tornar um cidadão canadense que podem estar ao alcance de muitos brasileiros. Afinal, o Canadá tem procurado aumentar a imigração com o intuito de cobrir a demanda que seu mercado de trabalho necessita. O que pode ser uma saída àqueles que procuram uma vida melhor e mais digna.

O Canadá é conhecido por ser uma das nações mais desenvolvidas do globo e que remuneram muito bem seus trabalhadores. Os índices de qualidade de vida por lá são altíssimos e a segurança, saúde e lazer são quesitos com as melhores avaliações do mundo.

Maneiras de conseguir a cidadania canadense

Alguns passos devem ser dados para o candidato conseguir a cidadania canadense. Uma das alternativas é se tornar residente permanente e contar com o cartão Permanent Resident (PR). O que garante ao imigrante os mesmo direitos disponibilizados pelos cidadãos nativos.

Para isso devem ser cumpridas algumas exigências do Immigration, Refugees and Citizienship Canada (IRCC), órgão oficial do governo que regulamenta a imigração. Além disso, há programas específicos que podem se encaixar com cada tipo de postulante.

Dessa maneira, conhecer cada um dos caminhos é a melhor alternativa para desvendar essa dúvida.

Express Entry

Uma das maneiras mais utilizadas por quem deseja se tornar cidadão canadense é se candidatar no programa Express Entry, lançado pelo governo do país no início de 2015. Trata-se de um um sistema de pontuação que busca profissionais estrangeiros com mão-de-obra qualificada e que desejam conquistar a residência permanente no Canadá.

Pelo Express Entry o candidato deve preencher seu perfil e disponibilizar informações e documentos relacionados às exigência do governo. Entre eles estão proficiência de idioma (Inglês e/ou francês), nível de escolaridade e experiência profissional.

À grosso modo, aquele que ultrapassa a nota de corte na pontuação possui grandes chances de conquistar a residência permanente. Depois disso, a tão sonhada cidadania.

Tempo de residência no Canadá

Desde outubro de 2017, está em vigor no Canadá uma lei que permite que o cidadão estrangeiro conquiste o direito à cidadania a partir do tempo de vivência no país. Nesse caso, o interessado deve estar fisicamente por 1095 dias em território canadense, o que corresponde a 3 anos, dentro de um intervalo de 5 anos.

No entanto, o próprio site oficial do Immigration, Refugees and Citizienship Canada recomenda que o candidato se inscreva com mais de 1095 dias de presença física. Esse concelho para dispor de dias extras é somente uma precaução caso haja algum problema com o cálculo.

Recomenda-se ainda o uso de um tipo de diário de viagem para gravar suas viagens fora do Canadá para que sirva de ajuda no cálculo. É possível utilizar parte do tempo gasto no país como residente temporário para a soma da presença física. O que inclui pessoas com visto de estudo, com permissão de trabalho ou com status de refugiado.

Declaração de imposto de renda

Esse quesito está diretamente ligado somente a quem tem a obrigação de declarar imposto de renda no Canadá. Nesse caso, o postulante à cidadania canadense, além de somar 3 anos de presença física, deverá comprovar suas declarações de imposto ou tax return por pelo menos 3 anos durante 5 anos.

Portanto, esteja atento(a) sobre a lei canadense no que diz respeito ao imposto de renda. Assim como no Brasil, apenas quem recebe um valor superior ao fixado pelo governo tem a obrigação de cumprir com essa condição.

Habilidades de linguagem

Independente da maneira como o interessado em se tornar um cidadão canadense irá conquistar seu sonho, ele deve antes provar que conhece um dos idiomas oficiais do país.

Seja relacionado ao inglês ou ao francês, todos os postulantes entre 18 e 54 anos precisam mostrar no dia da aplicação à cidadania que podem falar e ouvir em um nível específico em uma dessas línguas.

Quem já se informou sobre o Express Entry sabe que possuir um certificado de proficiência de idioma é item obrigatório para a candidatura.

O Immigration, Refugees and Citizienship Canada atesta que as maneiras utilizadas pelo órgão governamental para avaliar as habilidades em um dos idiomas incluem:

  • Revisão da prova enviada na aplicação online;
  • Análise da desenvoltura em se comunicar durante entrevista com um funcionário da IRRC em qualquer momento durante o processo;
  • Avaliação do nível de idioma durante uma audiência com um oficial da IRRC, se necessário.

Para se tornar cidadão, é preciso alcançar o nível 4 ou superior no que diz respeito aos requisitos impostos pelo Canadian Language Benchmarks (CLB). O instituto tem como função medir a proficiência na segunda língua de imigrantes e futuros imigrantes para viver e trabalhar no Canadá.

O nível 4 do CLB significa que o postulante está apto a:

  • Participar de conversas curtas e cotidianas sobre tópicos comuns;
  • Entender instruções simples, perguntas e direções;
  • Usar gramática básica, o que inclui estruturas simples e tempos verbais;
  • Mostrar o conhecimento de palavras e frases comuns suficientes para responder a perguntas e se expressar.

O IRCC aceita vários certificados, diplomas e testes dos pretendentes como prova de habilidades no idioma.

Teste de conhecimento sobre o Canadá

Uma das etapas a serem vencidas para se tornar um cidadão canadense é passar por um teste de conhecimentos gerais. Entre os assunto estão os direitos e responsabilidades dos canadenses, além de conhecimento econômico, histórico e geográfico sobre o país.

Essa prova também é realizada no dia da aplicação à cidadania para quem tem entre 18 e 54 anos de idade. Ela pode ser realizada em inglês ou francês e tem 30 minutos de duração. São 20 perguntas de múltipla escolha e com alternativas entre verdadeiras ou falsas. A aprovação depende de 15 acertos.

Proibições no processo de cidadania canadense

O governo canadense também solicita um atestado de antecedentes criminais no processo de obtenção da cidadania. O candidato com problema com a justiça dentro ou fora do Canadá, o que inclui o país de origem, pode não ser elegível.

A possível ilegibilidade serve também quando a cidadania canadense já tenha sido recusada anteriormente por causa de deturpação ou quando ela tenha sido revogada. E também quando houve descumprimento dos termos e condições como um residente permanente.

Assim, um residente permanente não deve:

  • Estar sob revisão judicial por motivos de imigração ou fraude;
  • Ter sido ordenado pelas autoridades canadenses a deixar o Canadá;
  • Ter condições não preenchidas relacionadas ao seu status de residente permanente, como por exemplo, triagem médica.

Cônjuge de cidadão canadense não tem direito adquirido à cidadania. Nesse caso, a pessoa deve atender aos mesmos requisitos citados anteriormente, pois não há qualquer tipo de condição especial.

Ter um pai ou avô canadense dá o direito ao interessado em conquistar a cidadania canadense. Por outro lado, ter um pai ou mãe que se tornou cidadão através de algum programa não assegura automaticamente o mesmo direito ao filho.

Agora que você já sabe como se tornar um cidadão canadense, aproveite e compartilhe com a gente seus comentários. Faça o mesmo caso ainda tenha restado alguma dúvida. E continue a acompanhar nossos artigos sobre o Canadá.

Topo