Comida típica canadense: 13 pratos deliciosos para você experimentar

Posted in Eta Canada Blog, Gastronomia

A culinária do Canadá é conhecida pela influência de imigrantes das mais diversas nacionalidades e pela predominância de franceses e ingleses no surgimento dos pratos nativos. Sua multiculturalidade o transforma em uma vitrine rica em gastronomia, representando a história e a cultura do país.

Na cidade de Toronto, estão presentes mais de 60 comunidades de colonizadores, prevalecendo a influência gastronômica chinesa e a italiana. Já em Terranova, os pratos mais destacados são o bacalhau e a torta de barbatana.

Para entendermos essa diversidade, é interessante conhecermos o processo de origem.

Descoberto por navegadores ingleses em 1497, o Canadá foi colonizado por volta de 1550 quando navegadores franceses passaram a se estabelecer na região do Rio São Lourenço, na atual cidade de Quebec. Na mesma época, o território era disputado por ingleses, que se estabeleceram na região dos Grandes Lagos.

Em 1763, após intensos confrontos, uma disputa territorial que durou cerca de 80 anos, franceses e ingleses firmaram um acordo de preservarem seus direitos e culturas na região. Até hoje essas culturas estão fortemente presentes em costumes que dão identidade à culinária, o Canadá adota como língua oficial o francês e o inglês.

Os alimentos indígenas também são características fortes e presentes nos pratos canadenses, a exemplo do Maple Syrup, o xarope mais tradicional do Canadá.

De um modo geral, o café da manhã canadense é composto por café, cereal, torrada, bacon, ovos e panqueca – a primeira refeição do dia é bem similar à americana. Já no almoço, a preferência é por uma refeição rápida, que inclui sanduíches, pães, sopa e salada.

O jantar canadense é uma refeição tradicional realizada entre às 17:00h e 18:30h, costumeiramente é consumida sopa ou salada antes da refeição principal e após o jantar normalmente há torta ou sorvete de sobremesa.

Uma opção ideal para quem deseja conhecer essa cultura são os restaurantes canadenses, considerados atrações turísticas e paradas obrigatórias no roteiro de quem está de passagem pelo país.

Apresentaremos agora 13 pratos típicos do Canadá que você não poderá deixar de provar. Preparado? Este artigo é de dar água na boca!

Comida típica canadense: 13 pratos deliciosos para você experimentar

Bannock

Bannock significa pão achatado. O pão é uma ótima opção para um típico café da manhã canadense.

O bannock consumido no Canadá tem origem escocesa. Os pães originais eram produzidos com cevada ou grãos de aveia, o resultado era um pão de consistência pesada.

Os pães adaptados de forma canadense usam além da farinha de trigo e água, fermento ou bicarbonato de sódio como agentes de fermentação. O resultado é um bannock de textura fina e leve.

Sua composição era muito apreciada por exploradores, comerciantes, viajantes e primeiros colonos do oeste do Canadá. Hoje em dia, o bannok é usado como opção para o preparo de sanduíches e lanches rápidos.

Bagels

Os pãezinhos canadenses de massa densa por dentre e acastanhados por fora são encontrados em qualquer comércio alimentício do país.

Begals são pães feitos de massa de farinha de trigo fermentada, fervido em água e depois assados. São típicos do Canadá e o formato em rosca é oferecido em diferentes sabores salgados e doces, com creme, blueberry, chocolate, salmão defumado, cream cheese, carne, e pode ser acompanhado de gergelim, sementes de papoula, canela, entre outros.

O formato de rosca lembra os donuts, mas diferem pelos ingredientes e modo de preparo. Os bagels são assados, os donuts são fritos.

Pelo fato de os Bagels serem encontrados em inúmeros estabelecimentos do país e serem comercializados a todo instante, os pães são consumidos a qualquer hora do dia e são opção de almoço e jantar da população.

A especialidade canadense é servir bagels no formato de sanduíche com cream cheese e fartos pedaços de salmão defumado.

Tourtière

De acordo com as histórias relacionadas ao prato, o significado Tourtière é derivado do nome do navio em que que a torta foi cozida pela primeira vez.

Originária da cidade de Quebec, Tourtière é uma torta salgada e apimentada bastante aprovada pelo país. O recheio consiste em carne de boi, frango, salmão, carne de coelho ou porco. Em algumas regiões litorâneas é possível encontrar essa torta recheada com peixes ou frutos do mar.

Sua consistência lembra o famoso empadão consumido no Brasil, porém de massa mais leve e recheios com temperos diferenciados. O prato canadense é encontrado em diversos restaurantes, mas é tradicionalmente produzido nas comemorações de final de ano.

Pescados

No Canadá, espécies de peixes incomuns e frutos do mar são facilmente encontradas e muito consumidas.

O famoso salmão de BC e as lagostas de Nova Scotia são opção de pescados originalmente canadenses. O salmão de BC, pescado na costa leste, é consumido geralmente caramelizado e acompanhado de cenoura e picles. Também é muito usado em churrascos.

Os peixes são preparados em diversas maneiras por todo o mundo, porém a água gelada do pacífico é o berço de espécies que se diferem em sabor quando comparadas às do Atlântico.

A variedade de pescados e frutos do mar está presente nos principais restaurantes canadenses. Podem ser encontrados no menu: Chinook, Chum, Coho, Sockeye, Cutthroat, Steelhead, Pink, entre outros tipos, além de lagostas e crustáceos em geral.

Inventada no início dos anos 90, em Montreal, os canadenses deram origem ao sushi pizza. O prato é a combinação da pizza com o sushi japonês. A massa é feita de arroz, podendo ser acompanhada com fatias de abacate. A sushi pizza é encontrada em outras cidades do Canadá e também no norte dos Estados Unidos.

Beavertail

O eavertail é uma ótima opção para todas as estações do ano.

A iguaria é herança de família passada por gerações. Seu sucesso aconteceu quando família Hooker passou a vender o beaver tail na feira, em Ontário. O resultado desse trabalho foi tão positivo que hoje são mais de 100 franquias abertas em todo o país.

O prato é chamado assim devido a realmente ter o formato de uma cauda de castor. A massa é feita de farinha de trigo integral, esticada amão, frita em óleo e passada no açúcar e na canela. Os sabores podem ser variados: Nutella, maçã com canela, pasta de amendoim, chocolate com amêndoas, oreo, entre outros.

O sabor do Beaver tail é comparado a massa de pastel doce e churros.

A massa combinada com os diversos recheios garante a aprovação dos consumidores, ele é servido em uma porção considerável e satisfaz perfeitamente duas pessoas.

ButtersTarts

As butters tarts são encontradas em cafeterias e supermercados de toda a região do Canadá. A mini torta é uma ótima opção para quem ama doces.

Butters Tarts é um doce que surgiu no início de 1600 e desde então é considerada um marco na cultura canadense. A massa é feita de farinha, manteiga, açúcar, ovos e maple syrup – xarope tipicamente da região. Geralmente, são usados como recheios maçã, abóbora, uvas passas, noz pecan, nozes e blueberries.

Apesar de a receita ter surgido na época da colonização inglesa, a sobremesa não lembra a torta de manteiga consumida na Inglaterra. A consistência do butters tarts lembra o pastel de nata português.

Poutine

Poutine é conhecido por ser um prato com anos de tradição e por suas inovações de molhos.

Considerado o prato mais tradicional do Canadá, o poutine, apesar de ter origem na cidade de Quebec, é consumido e vendido em todo o território canadense. O prato tem como ingrediente principal a batata frita e como acompanhamento coalhada de queijo, queijo derretido e molho, o mais usado é o de carne, conhecido como gravy.

Para o preparo do prato, a batata é cortada em formato de palito e logo em seguida é frita na banha. O queijo usado é o coalhado, podendo ser usado também o cheddar.

Existem diversos tipos de molhos, que variam de acordo com o gosto dos consumidores: carne, frango, linguiça, versões vegetarianas, chorizo, bacon e cogumelos.

O poutine é herança cultural e de forte influência francesa. O prato é uma excelente opção para quem quer estar realmente satisfeito, é a combinação perfeita entre o sabor único e a diversidade de molhos.

Peameal Bacon

Além de ser encontrado como prato em restaurantes, o bacon pode ser comprado nos mercados da região para ser feito em casa, pois é preparado de forma simples.

Canadenses amam bacon e entre uma das receitas com o ingrediente está o famoso peameal bacon feito com o lombo do porco ou bacon canadense. O modo de preparo consiste em envolver o bacon na farinha de milho e, logo em seguida, fritá-lo.

O peameal é uma espécie de sanduíche consumido muitas vezes como prato principal. O prato é típico da região de Toronto, mas pode ser facilmente encontrado em outras regiões do país.

MacaroniandCheese

O prato é símbolo presente na tradição e cultura do Canadá.

Macaroni and cheese é considerado um prato tradicional no jantar canadense. Alimento muito consumido, a refeição tem como ingredientes da receita macarrão caracol, queijo, leite, um pouco de farinha e manteiga.

Nos supermercados é vendido o macaroni em caixinhas de modo pré-preparado, bastando acrescentar ingredientes ao gosto dos consumidores.

MapleSyrup

MapleSyrup é um xarope considerado símbolo do Canadá.Na estação das flores, acontecem vários festivais de MapleSyrupe. Quem vai ao festival tem a oportunidade de adquirir o produto por ótimos preços.

Mundialmente conhecido, o Maple Syrupe é um xarope natural usado em diferentes pratos canadenses. O sabor é único e sua textura pode ser comparada à do mel.

O xarope é originário da árvore que tem a folha mais famosa e simbólica do país. O processo de extração acontece durante a primavera e sua composição é totalmente natural, não passando por adição de ingredientes externos.

Após a extração, o xarope passa por processos de cozimento que retira a água presente na composição, e filtragem, retirando os resíduos.

O xarope é usado em saladas, na produção de tortas, waffles, panquecas, servido com sorvetes, crepes e biscoitos.

Montreal smoked meat

O prato é famoso pela forma de preparo da carne com especiarias.

O Montreal smoked meat é um delicioso sanduíche de carne defumada. A carne é preparada com ervas e especiarias, cortada em finas fatias e colocada em um pão caseiro.

O prato é vendido em diferentes partes do país. A apresentação do sanduíche com generosas fatias, faz turistas quererem voltar a Montreal, onde ficam os restaurantes mais famosos especializados no smoked meat, para repetir o prato.

A refeição aprovada por turistas brasileiros, faz lembrar o famoso sanduíche de mortadela servido no Mercado Municipal de São Paulo.

Nanaimo Bar

A barra de três camadas pode ser encontrada em cafeterias, restaurantes e supermercados canadenses.

Em 1952, uma receita foi descoberta em um livro chamado The Ladies Auxiliarydo Hospital Geral de Nanaimo, na costa oeste canadense, mais precisamente na Ilha de Vancouver. Logo depois um livro de receitas foi publicado, intitulando o prato como nanaimo bar.

Acredita-se que sua origem venha daí.

As nanaimo bars são barras tipicamente canadenses, o doce tem a predileção no país da mesma maneira que é consumido o brigadeiro no Brasil. A sobremesa de três camadas tem como ingredientes a bolacha waffer, creme de baunilha e cobertura de chocolate, as combinações com outros ingredientes como o café, a pasta de amendoim, nozes, castanhas, amêndoas e coco também podem ser feitas.

A combinação desses ingredientes tem aprovação unânime ao se tratar de comidas típicas do Canadá.

BloodyCaesar

BloodyCaesar é uma bebida de decoração única muito popular no país. Turistas e canadenses são adeptos do drink.

O drink canadense foi inventado em 1969 pelo gerente do restaurante Walter Chell, localizado na cidade de Calgary. Ele é feito de vodka, suco de tomate, molho tabasco, molho Worcestershire – o famoso molho inglês, sal e aipo.

A bebida é servida em copos de diversos formatos. A apresentação apimentada e forte é feita com a bordas do copo coberta por sal, fixada uma fatia de limão e um talo de salsão.

O coquetel nacional tem aprovação canadense assim como a caipirinha no Brasil. O consumo do drink no Canadá é estimado em 350 milhões de unidades da bebida por ano.

O que achou dessas delícias? Qual comida canadense você amaria experimentar? Deixe um comentário sobre o prato que mais se adequaria ao seu gosto!

Topo