Canadá: clima e temperatura

Posted in Eta Canada Blog, Fauna e Flora

O clima

Se, por qualquer que seja o motivo, você se sentiu curioso sobre o Canadá e pretende morar, visitar ou, até mesmo, aprender mais sobre o país, aqui você irá encontrar informações sobre o clima não só de uma região específica, mas de todo o país. É bem provável que essa diversidade lhe deixe, de alguma forma, fascinado.

O Canadá tem uma grande diversidade climática, já que as temperaturas de cada estação são bem definidas, diferente do Brasil, mas ainda podem variar bastante dependendo da região que você escolher visitar.

Enquanto a parte norte do país vai acima de 0°C por alguns meses, a grande maioria da população vive onde as primaveras são amenas, os verões são quentes e o outonos frescos.

Quando as estações nos mostram variantes em relação à temperatura e ao número de horas de luz, as mudanças das massas de ar também exercem seu papel. O fluxo de ar que vai do oeste para o leste é quebrado durante o inverno, o ar frio e seco sai do Ártico em direção ao sul e, durante o verão, o ar quente vai do sudeste em direção ao norte. Fora isso, as montanhas, planícies e grandes cursos de água também afetam a temperatura.

Confira a seguir como é cada estação para você escolher qual mais lhe agrada.

Montreal, no Canadá, em um dia ensolarado.

Primavera

No final de março até o final de junho, as temperaturas aumentam aos poucos, descongelando lagos, rios e montanhas, abrindo espaço para uma grama perfeitamente verde, permitindo que as flores comecem a aparecer, deixando, assim, a cidade mais bonita. As flores mais comuns do país são as tulipas, as rosas, as flores que brotam nas montanhas – conhecidas como “selvagens” – e as famosas árvores japonesas chamadas de Cherry Blossoms.

É uma época que costuma chover pouco e a temperatura é agradável, variando conforme a região, mas mantendo uma média de 10°. Quando chega o ápice da primavera, torna-se cada vez mais perceptível os pólens nos ares.

Essa é uma excelente época do ano para visitação do país por ser a estação que faz o país florescer, literalmente, enchendo a cidade de cores e flores por todos os lugares e, caso você não goste muito de multidões, é melhor ainda, pois é época de baixa visitação no país.

Verão

Sim! O verão no Canadá é real! E, dependendo da região, quase tão quente quanto a temperatura no Brasil. É a estação em que o dia começa muito cedo, aproximadamente às 5h da manhã, e dura até muito tarde, em torno das 21h, permitindo assim um maior tempo passeando ao ar livre sem passar frio. Além disso, bares, baladas e restaurantes ficam mais movimentados. O verão começa em junho e termina no início de setembro.

As grandes cidades ficam lotadas de pessoas vindas do mundo todo. A atmosfera nos faz lembrar do Brasil, pois lotam as praias e as pessoas praticam esporte por todos os lados, já que as temperaturas variam de 15 a 28°C, sendo as mais baixas no início da estação e durante as madrugadas.

É nessa época também que os turistas conseguem economizar nas compras, pois em agosto, geralmente, as lojas fazem promoções de fim de estação, ajudando as pessoas a comprarem peças de verão a preços mais baratos. É a época em que começam a surgir as coleções para o inverno.

Outono

Outono equivale ao inverno no Brasil, onde é sempre bom andar com uma blusa de frio em mãos. É uma estação bonita, que deixa o país colorido devido à folhagem das árvores e, quando as folhas começam a cair, é como se o país andasse sobre um tapete.

A quantidade de turista não é tão alta quanto no verão, mas é quando as pessoas começam a sair mais nas ruas para realizarem mais atividades ao ar livre, se concentrando em parques para aproveitar a paisagem.

Além disso, uma prática típica do outono no país é apanhar abóboras nas fazendas, já que muitas famílias gostam de esculpi-las da forma que quiser e levá-las para casa como enfeite de Halloween.

Essa estação dura três meses – final de setembro até final de dezembro – e a temperatura fica, em média, nos 17°C durante o dia e 10°C durante a noite.

Inverno

Canadá tem um dos invernos mais rigorosos do mundo, muito mais frio do que no Brasil, com temperaturas variando entre -2 e -10°C, com cidades podendo chegar a -15°C. É a estação em que anoitece mais cedo, podendo ser a partir das 15h30, dependendo da região.

As chances de chover são médias, mas a probabilidade de neve é sempre bem alta, fora que os lugares ficam sempre cobertos de neve. Portanto, é importante fazer um bom planejamento para conhecer a cidade nessa época do ano.

É a estação perfeita para quem deseja praticar esportes no gelo, como patinação e snowboard. Vale ressaltar também que convém encarar o frio para admirar a neve nas montanhas e aproveitar os festivais de inverno que cada região oferece. Mas caso você prefira frequentar lugares fechados, como bares e restaurantes, fique tranquilo! O ambiente é completamente aquecido.

Todos os lugares têm calefação, incluindo todas as residências e até o transporte público. Portanto, não se assuste com o frio. Aproveite o país e se sirva com roupas elegantes e muito chocolate quente.

A costa oeste

A paisagem natural do Canadá é deslumbrante.

É a região do Canadá com o clima mais temperado, devido às correntes de ar quente e úmidas vindas do Oceano Pacífico. Vancouver e Vitória, as cidades principais da costa oeste, desfrutam de agradáveis verões um tanto secos com boa umidade nos invernos. Dificilmente neva nas terras baixas e, quando isso acontece, ela derrete no mesmo dia. No inverno, a temperatura pode variar de 0 a 8°C, enquanto no verão a temperatura fica próxima dos 20°C.

A cordilheira trabalha como uma barreira, impedindo que o ar úmido e quente do Pacífico vá de encontro com as planícies dentro das províncias, em pradarias. Como o ar precisa passar pelas montanhas, sua temperatura cai e então baixa sobre os declives em forma de precipitações, como chuva em altitudes baixas e em forma de neve nas altas. A parte entre as cadeias de montanhas recebem menos precipitações, experimentando, assim, verões muito quentes.

Essa região é uma boa opção para quem está mais interessado no ecoturismo, pois tem vários parques nacionais, montanhas, florestas, lagos e cachoeiras.

A costa leste

Cataratas do Niágara, localizado na costa leste canadense.

Devido às misturas das correntes de ar oceânicas com as massas de ar continentais, essa região tem um clima muito variável e severo. As temperaturas podem mudar de maneira muito marcante no inverno, já que existe a substituição do ar ártico pelo ar marítimo das tempestade.

Com nevascas pesadas, a neblina é algo comum durante a primavera e no começo do verão. Julho se torna o mês mais quente, onde a temperatura se mantém entre os 16 e 18°C.

É o lado mais diversificado do país, com atrações para todos os gostos, que variam desde o festival Caribana em Toronto até o Festival de Jazz de Montreal. A costa leste é também procurada pelos amantes da natureza, pois contém uma das principais atrações turísticas do Canadá: as Cataratas do Niágara.

Centro-sul

As incríveis pradarias canadenses.

É onde ficam as planícies centrais da América do Norte. As pradarias se estendem desde as Montanhas Rochosas até os Grandes Lagos. Nessa região, são normais invernos frios e verões quentes. Na região do sul de Saskatchewan, por exemplo, a média anual de chuva não chega a 300 mm. A cidade mais quente das Províncias de Pradarias, Manitoba, recebe, aproximadamente, 500 mm por ano.

O que torna as pradarias uma área de cultura de grãos mundialmente importante são as chuvas da primavera e os outonos secos. No entanto, o cultivo acaba sofrendo com alguns riscos, como tempestades, seca, erosão do vento, chuvas de granizo e antecipadas temperaturas baixas no outono.

No meio de tantas características das Pradarias durante o inverno, “chinook” se destaca. Chinook é o vento quente e normalmente seco que afeta a parte sul de Alberta, que desce das Montanhas Rochosas, aumentando a temperatura em até 16°C em apenas um dia.

Norte

Aurora boreal, um dos maiores espetáculos naturais da terra, é totalmente visível no extremo norte do Canadá.

É onde encontramos a floresta boreal, uma área geralmente coberta por neve ao longo de mais da metade do ano. O verão dura menos de dois meses, e é chamado de verão pois é o período sem congelamento. Existe uma leve precipitação, menos na costa e Labrador, onde é perceptível a influência do Atlântico.

Se você sonha em ver a aurora boreal, esse é o melhor lugar. Nos meses de setembro e outubro o fenômeno pode ser visto com alta intensidade, mas caso você não possa ir nesses meses, não se preocupe, já que é possível ver o fenômeno em fevereiro e março também.

Subindo um pouco mais, ultrapassando a floresta, se encontra o Ártico, onde as temperaturas ultrapassam 0°C apenas algumas semanas durante o ano. Somente um metro abaixo da camada de vegetação, o solo se mantém congelado, mesmo durante o verão.

Você imaginou que o Canadá pudesse ser tão diversificado? Com qual estação você mais se identificou? Alguma região mexeu mais com a sua curiosidade? Conte o que você achou nos comentários!

Topo