Brasileiros vacinados podem viajar para o Canadá a trabalho e lazer

Brasileiros vacinados podem viajar para o Canadá a trabalho e lazer

Posted in Eta Canada Blog

O Canadá abre as portas para o recebimento de brasileiros vacinados que desejam viajar para o Canadá. Aqui você saberá quais vacinas são aceitas e quais normas serão necessárias para poder viajar e curtir sua viajem ao solo canadense.

O Canadá anunciou que planeja exigir vacinas para viajantes aéreos até o final de outubro. O mandato se estenderá a todos os viajantes que viajam a trabalho. Nas próximas semanas esperamos por mais detalhes são esperados nas próximas semanas.

Aqui está o que os passageiros precisam saber quando pensam em viajar.

Canadá anuncia exigência de vacinação para turistas e viajantes a trabalho

O governo canadense anunciou que pretende exigir a vacina COVID-19 para os funcionários de transporte aéreo, ferroviário e marítimo regulamentados pelo governo federal canadense.

Este mandato também se estenderá a todos os viajantes que viajam a trabalho aéreos, passageiros em trens internacionais e navios com pernoite.

Atualmente, o cronograma é “o mais tardar no final de outubro” e “o mais rápido possível em setembro”. O governo está trabalhando com as partes interessadas para desenvolver o processo e redigir as normas exigidas.

De acordo com o Governo do Canadá, mais de 71% dos canadenses elegíveis foram totalmente vacinados e mais de 82% receberam sua primeira dose. Portanto, a grande maioria dos cidadãos canadenses provavelmente já está em conformidade com o mandato para viagens aéreas.

Por esse motivo, eles acham justo que os países como o Brasil e os demais ao redor do mundo também façam sua parte na imunização de seus moradores, afim de evitar que novas contaminações cresçam no Canadá.

O que os passageiros devem saber antes de embarcarem

Os vizinhos dos Estados Unidos que foram totalmente vacinados já são permitidos no Canadá, desde que apresentem um teste com resultado negativo para COVID-19 na chegada. Existe também um plano de quarentena em casos específicos.

O Canadá permite todos os outros cidadãos estrangeiros que estejam totalmente vacinados a partir de 7 de setembro.

Quais vacinas contra COVID-19 são aceitas no Canadá?

O Canadá aceitou quatro vacinas contra COVID-19 para permissão de entrada de viajantes brasileiros sem a necessidade de ficar em quarentena:

  • Pfizer-BioNTech (duas doses)
  • Moderna (duas doses)
  • AstraZeneca / COVISHIELD (duas doses)
  • Janssen / Johnson & Jonhson (uma dose)

Essas são as vacinas aceitas para viagens aéreas. O Canadá já tem o app ArriveCAN pronto para enviar a documentação das vacinas e permitir a entrada no país.

É muito importante o viajante brasileiro que deseja visitar o Canadá esteja ciente disto, pois no Brasil há a vacina CoronaVac, a qual não consta na lista de aceitação como imunizante para viajantes ao Canadá.

Ainda existem algumas perguntas por aí. Isso inclui se o mandato se aplicará a passageiros em traslados. A linguagem apresentada pelo Governo do Canadá indica que essa pode ser uma exigência para passageiros em traslado, o que pode acabar sendo um pouco problemático, já que os viajantes não sairão do aeroporto.

O Canadá aceita a vacina CoronaVac dada no Brasil?

Como você vê, a vacina CoronaVac não está na lista. Portanto, é importante ter ciência de que você pode ter problemas ao tentar desembarcar no Canadá. É bem provável que, caso você só tenha sido vacinado pela CoronaVac, precisará fazer o teste e ficar um tempo em quarentena.

Várias outras vacinas, como Sinopharm ou Sinovac, não são atualmente aceitas para o status de vacinação completa no Canadá. Isso certamente pode ser analisado, já que as transportadoras também consideram a importância dos passageiros em trânsito de países como a China, que têm usado essas vacinas.

Os passageiros vindos da Europa e dos Estados Unidos – dois dos principais mercados para as companhias aéreas canadenses – recebem em sua maioria uma das quatro vacinas aceitas.

Atualmente, as vacinações não são aprovadas para crianças pequenas. Esta será uma área a ser observada para ver o que o Canadá faz.

O Canadá não exige que crianças menores de 18 anos ou adultos dependentes que não estejam totalmente vacinados, mas estejam acompanhados por viajantes totalmente vacinados, tenham permissão para entrar no Canadá.

Ainda assim, eles devem ficar em quarentena por 14 dias e seguir todos os requisitos de teste, a menos que tenham menos de 5 anos.

A resposta das companhias aéreas – Elas concordam, mas com ressalvas

A Air Canada apoiou o plano do país de exigir vacinação para funcionários do setor de viagens aéreas. No entanto, a Air Canada afirmou que deseja ver mais detalhes sobre o regulamento e continua pressionando para reduzir a exigência de teste para viajantes totalmente vacinados. Aqui inclui-se os viajantes brasileiros também.

A WestJet também se manifestou em apoio ao regulamento para funcionários de companhias aéreas. Ela também planeja continuar a pressionar por testes rápidos de antígenos como uma alternativa para testes de PCR caros e demorados para viajantes não vacinados.

Posso viajar para o Canadá agora?

Se você já está totalmente vacinado com uma das vacinas aprovadas, provavelmente atenderá aos requisitos do Canadá. Isso inclui passageiros em traslado internacional e aqueles em conexão de um voo internacional para um doméstico.

Se você não foi vacinado, não está claro se o Canadá planeja aplicar alguma isenção, haja vista são bem criteriosos.

O país adotou uma abordagem rígida para chegadas internacionais e é provável que mantenha essa estratégia, inclusive para brasileiros vacinados que querem viajar ao Canadá. É muito cedo para dizer a esta altura o que o Canadá planeja fazer com os cidadãos e viajantes não vacinados.

Se você prevê que permanecerá não vacinado até o final de outubro, pode ser sensato adiar a sua viagem até que todo o regulamento esteja pronto e divulgado para todos.

Turistas e viajantes brasileiros precisam ficar em quarentena ao chegar no Canadá?

Não. Somente se o oficial de imigração, após checar seus documentos e informações transmitidas no ArriveCAN suspeitar que você não se protegeu suficientemente contra a doença ou possui algum sintoma do coronavírus.

Independente disto, todos os turistas brasileiros deverão possuir um plano de quarentena de 14 dias, mesmo estando totalmente vacinados. Esse plano deve ser apresentado ao governo canadense através do aplicativo ArriveCAN, onde você detalhará dados como:

  • Onde vai ficar e qual transporte usará até lá
  • Como poderá se alimentar durante os 14 dias
  • Como terá acesso a serviços essenciais e de saúde

Lembre-se: pessoas abaixo de 18 anos e maiores que 5 anos de idade devem ficar em quarentena obrigatoriamente, já que não se exige que estejam vacinadas.

Nos demais casos, caso o agente de imigração concorde com os dados informados e acredite que você está bem imunizado contra o COVID-19, a sua entrada será liberada sem a necessidade de ficar em quarentena.

Porém, lembre-se: mesmo sem precisar ficar em quarentena, você precisará do plano de quarentena para o caso de haver alguma eventualidade.

Quais os procedimentos devo seguir ao desembarcar no Canadá?

Para entrar no Canadá, os viajantes brasileiros totalmente vacinados devem seguir um conjunto estrito de requisitos obrigatórios:

  1. estar totalmente vacinado: o viajante deve ter recebido e apresentar o comprovante de sua vacinação com dados completos. Lembre-se que esta vacina deve ser uma das aceitas pelo Governo do Canadá e deve ter sido tomada pelo menos 14 dias antes de entrar no Canadá
  2. Atualmente, as vacinas aceitas são as fabricadas pela Pfizer-BioNTech, Moderna, AstraZeneca / COVISHIELD e Janssen (Johnson & Johnson)
  3. ter um resultado de teste molecular COVID-19 válido antes da chegada, feito no máximo 72 horas antes de seu voo programado ou sua chegada na passagem de fronteira terrestre, ou um resultado de teste positivo anterior obtido entre 14 e 180 dias antes da partida para o Canadá.Atenção: Os testes de antígenos, muitas vezes chamados de “testes rápidos”, não são aceitos
  4. estar sem nenhum sintoma de COVID-19
  5. enviar suas informações obrigatórias via ArriveCAN (aplicativo ou site), incluindo comprovante de vacinação em inglês ou francês e um plano de quarentena
  6. ser admissível de acordo com a Lei de Imigração e Proteção de Refugiados, e
  7. deve fazer um teste na chegada, se selecionado.

Todos os viajantes brasileiros vacinados que viajam para o Canadá devem, obrigatoriamente, enviar suas informações e comprovante de vacinação em inglês ou francês usando o aplicativo ArriveCAN ou o site do aplicativo até 72 horas antes de chegarem ao Canadá.

Os viajantes que usam o aplicativo devem garantir que possuem a versão mais atualizada disponível. Os viajantes que não puderem mostrar o recibo ArriveCAN em seu dispositivo móvel, e-mail ou cópia impressa não terão permissão para embarcar em seu voo.

Além do recibo do ArriveCAN, os viajantes devem reter uma cópia (em papel ou eletrônico) dos resultados dos testes moleculares COVID-19, comprovante de vacinação e os originais de quaisquer traduções autenticadas disponíveis para verificação na fronteira e por 14 dias após sua entrada no Canadá.

Quem já teve coronavírus pode viajar para o Canadá?

Para aqueles que já tiveram COVID-19 e se recuperaram, podem fornecer o comprovante de um teste molecular COVID-19 positivo feito pelo menos 14 e não mais do que 180 dias antes de sua partida.

Observe que os testes de antígeno, às vezes chamados de “testes rápidos”, não são considerados testes moleculares e não serão aceitos.

Todos os viajantes que chegam por via aérea, terrestre e marítima podem ser solicitados a fornecer o comprovante do resultado do teste a um funcionário do governo do Canadá no momento da chegada, sob pena de não poder embarcar ou desembarcar.

Algumas dúvidas surgem com frequência

É verdade que a norma para aceitar viajantes brasileiros no Canadá também se aplica a viajantes que estão apenas de traslado?
O modo como o governo do Canadá se pronunciou, deu a entender que isso pode ser exigido sim. Porém, isso daria muitos problemas, já que os viajantes não sairão do aeroporto e isso prejudicaria algumas vendas de algumas empresas aéreas. No entanto, isso pode ser relaxado nas próximas semanas.

As crianças precisam estar vacinadas para entrarem no Canadá?
Até o momento da escrita deste artigo, as vacinações não são aprovadas para crianças pequenas, já que a maioria dos países, inclusive o Canadá, não vacinam crianças. Esta será uma área a ser observada para ver o que o Canadá faz. O Canadá não exige que crianças menores de 18 anos ou adultos dependentes que não estejam totalmente vacinados, mas exigem que seus acompanhantes estejam totalmente vacinados. Mas, mesmo assim, eles devem ficar em quarentena por 14 dias e seguir todos os requisitos de teste, a menos que tenham menos de 5 anos.

Posso viajar para o Canadá agora?
Se você já está vacinado com uma das vacinas citadas acima, sim, você pode viajar. Entretanto, é necessário, além da vacina, verificar sua autorização através do aplicativo ArriveCAN, através do qual você enviará as informações solicitas em inglês ou francês.

Não confio em enviar meus dados pela internet, sou obrigado e enviar meus dados no ArriveCAN?
Sim, este item é obrigatório para todas as pessoas que desejam viajar para o Canadá e até mesmo para os moradores do Canadá que usarão o transporte aéreo doméstimo. Quem não puder mostrar o comprovante de envio dos dados para ArriveCAN em seu dispositivo móvel, e-mail ou cópia impressa não poderão nem mesmo embarcar em seu voo.

Brasileiros que viajam para o Canadá precisam ficar em quarentena?
Nem todos. Somente se o oficial de imigração, após checar seus documentos e informações transmitidas no ArriveCAN suspeitar que você não se protegeu suficientemente contra a doença ou possui algum sintoma do coronavírus. Porém, caso viaje com pessoas menores de 18 e maiores de 5 anos, obrigatoriamente, elas terão que ficar em quarentena por 14 dias.

Topo