8 dicas do que fazer em Burlington

Posted in Cidades, Lazer

Localizada à beira do lago Ontário e bastante próxima de Toronto e das Cataratas do Niágara, Burlington é considerada uma das melhores cidades para se viver no Canadá. Com seus 175 mil habitantes, é vista também como a terceira melhor cidade para criar filhos no país. Seja para uma viagem ou para ficar permanentemente, saiba o que fazer em Burlington e aproveite.

Para planejar sua temporada, saiba que, assim como no restante do país, a moeda da cidade é o dólar canadense, que pode ser comprado no Brasil. Caso seu plano seja morar por lá, se planeje para as despesas que virão.

O custo de vida nas maiores cidades do Canadá gira em torno dos CAD$ 3.000,00, como em Toronto ou Vancouver. Em cidades menores, esse valor pode diminuir, mas, ainda assim, o montante garante uma vida confortável, sendo possível pagar aluguel, contas, transporte e outras coisas sem problemas.

O que fazer em Burlington?

Waterfront Park

Conhecer o Waterfront Park é uma das primeiras coisas que você deve fazer em Burlington. Inclusive, ao pesquisar sobre a cidade, é comum que diversas fotos do local apareçam. O parque fica na área central, em uma região com um enorme lago, trilhas e outros entretenimentos.

No inverno, o lugar ganha uma pista de patinação que atrai, principalmente, crianças. Além disso, há também parquinhos para que elas se divirtam muito. No verão, porém, o que encanta é a beleza do parque e a possibilidade de caminhar ou andar de bicicleta por suas trilhas, curtindo a brisa marítima e observando quem passeia com seus cachorros.

Caso esteja em Burlington em junho, aproveite para desfrutar do Sound of Music Festival, um festival super conhecido e gratuito.

Os visitantes do Waterfront Park consideram seu pôr do sol incrível por conta de sua beleza | Foto: Reddit

Ponte Burlington Bay James N. Allan Skyway

Conhecida também como Burlington Skyway, a ponte começou a ser construída em 1958, passando sobre o Canal Burlington Bay Canal e fazendo parte da Queen Elizabeth Way (QEW, como é chamada no Canadá). A ponte liga as cidades de Fort Erie e Toronto.

A construção passou a ser vista como um ponto turístico por conta de seu tamanho e de sua incrível estrutura, toda feita em aço e muito bem-conservada até hoje. É possível avistá-la de alguns pontos do Waterfront Park.

A ponte surpreende a todos os seus visitantes por ser uma enorme construção de ferro e concreto, podendo ser avistada de longe | Foto: Wikipedia

Monumento de Terry Fox

Antes de conhecer o monumento, entenda a importância de Terry Fox para a cultura canadense, pois sua figura é tida como a de um herói. Tudo começou quando ele, ainda jovem, decidiu partir em uma corrida pelo Canadá para arrecadar dinheiro para pesquisas sobre o câncer. Segundo a população, toda a história envolve amor, superação, doação e solidariedade.

Na verdade, Terry nasceu em Winnipeg, na província de Manitoba, mas mudou-se ainda pequeno para Port Coquitlam e lá cresceu. Durante sua infância e adolescência, assim como qualquer outro jovem, gostava de praticar esportes. Mas, aos 19 anos, sua vida mudou completamente. Sentindo fortes dores no joelho, Terry foi diagnosticado com um tipo de câncer ósseo e chegou a ter uma parte de sua perna amputada.

Após adaptar-se à prótese de uma perna artificial, o jovem começou a treinar e decidiu que correria por todo o país para conscientizar a população a respeito da doença silenciosa, e também para conseguir doações para a luta contra ela.

Terry faleceu aos 23 anos de idade, em 1981, e, desde então, uma corrida ocorre anualmente em todo o Canadá e em outros países do mundo, levando seu nome e sua causa para mais pessoas e continuando a arrecadar fundos para as pesquisas e tratamentos.

Há monumentos em homenagem ao jovem em muitas cidades canadenses. Em Burlington, ele fica localizado dentro do Waterfront Park, marcando o dia e o ano em que Terry passou pela cidade na “Maratona da Esperança”, e ainda o quilômetro que o local representava.

O Monumento a Terry Fox marca o quilômetro em que ele estava de sua peregrinação quando passou por Burlington, em 13 de julho de 1980 | Foto: Gaby no Canadá

Royal Botanical Gardens

O Royal Botanical Gardens é um ótimo lugar para quem busca mais contato com a natureza. O local possui extensas áreas naturais e jardins na região de Hamilton, em Ontário. Tornou-se uma das principais atrações turísticas no circuito entre Toronto e as Cataratas do Niágara.

Além disso, o lugar também é muito importante para a população local, sendo uma referência em horticultura, educação, conservação e recursos científicos. O parque conta, ainda, com uma instituição que promove estudos botânicos. A visita, sem dúvidas, é uma das principais coisas a se fazer em Burlington.

O Royal Botanical Gardens é um parque importante também para a população local de Burlington | Foto: Paradigm Condos

Mount Nemo

Continuando com programas naturais, há o Mount Nemo, uma importante área de conservação de propriedade da Conservation Halton. O local é bastante conhecido entre alpinistas. Portanto, apesar de ser uma atração que envolve a natureza, é interessante para quem busca mais emoção em Burlington.

Mesmo que seu interesse não seja escalar nada, não deixe de conhecer o local, pois ele é lindo e atrai turistas de todos os lugares diariamente.

Mount Nemo oferece mais que picos a serem escalados como uma incrível vista para seus visitantes | Foto: BlogTO

Spencer Smith Park

Nomeado em homenagem ao presidente Spencer Smith, uma importante figura na história do desenvolvimento dos parques canadenses, o Spencer Smith Park fica no centro de Burlington, às margens do lago Ontário. O parque conta com uma pequena praia e com pistas para fazer caminhadas e andar de bicicleta.

Algumas coisas importantes acabaram aparecendo às voltas do parque. Um exemplo é o Spencer’s, um restaurante com capacidade para servir mais de dois mil pratos, com um grande pátio para seus visitantes, feito completamente em vidro. Lá, você pode fazer sua refeição admirando a beleza do lago Ontário e da Lakeshore Road.

O parque é sede, ainda, de um festival musical, da Canada’s Largest Ribfest e do Festival de Cervejas de Burlington. Não deixe de aproveitar!

O Spencer’s permite que você faça sua refeição observando o Spencer Smith Park. Muitas pessoas chegam a fechar as atrações para casamentos e festas por conta da incrível vista! | Foto: Tourism Burlington

Mapleview Centre

As compras não poderiam ficar de fora desta lista sobre o que fazer em Burlington. O Mapleview Centre é um shopping center com dois andares no centro da cidade, no cruzamento entre a Avenida Maple e a Rua Fairview, no sul da QEW. Aberto em 1990, o local conta atualmente com 150 lojas, nas quais você poderá encontrar diversos artigos e muitas marcas.

Caso queira saber quais lojas estão no Mapleview, basta visitar seu site e acessar a lista disponibilizada lá.

O MapleView Centre é um dos mais conhecidos shoppings de Burlington | Foto: Tourism Burlington

Galeria de Arte de Burlington

Fundada em 1978, a Galeria de Arte de Burlington é a sétima maior galeria de arte pública de Ontário, guardando a maior coleção de cerâmicas contemporâneas do Canadá. Ela fica próxima ao Parque Spencer Smith. Portanto, você pode aproveitar apenas uma visita para conhecer os dois lugares.

A galeria é conhecida por receber mais de cem mil visitas todos os anos, tanto para suas exposições quanto para programas educacionais, sendo que para estes a estrutura do local conta com dez salas de aula, além de outras atividades. A construção, de maneira geral, também é bastante interessante e considerada muito bonita por seus visitantes.

Apesar de parecer uma construção pequena, a Galeria de Arte de Burlington recebe cerca de cem mil visitas por ano | Foto: Hamilton Halton Brant

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a cidade? Agora que você já sabe o que fazer em Burlington, procure a eTA Canadá para conseguir sua autorização para entrar no país. O processo é bastante simples e a agência cuida de tudo para você, de forma integralmente digital. É a sua oportunidade de conhecer o Canadá a turismo ou a trabalho!

Não deixe de acompanhar o nosso blog para receber mais dicas como estas e lembre-se de compartilhá-las com seus amigos! Sua opinião também é muito importante para nós: sempre que quiser, comente o que achou de nossos artigos.

Topo