6 atividades radicais para fazer em Montreal no inverno

Posted in Entretenimento, Lazer

Montreal está localizada na província de Québec, na Costa Leste, e é considerada a segunda maior cidade do Canadá. O inverno nessa região costuma ser bastante rigoroso, mas isso não é um problema! Montreal no inverno pode oferecer diferentes atividades para quem deseja praticar alguns esportes radicais e se aventurar na neve.

O inverno canadense começa oficialmente em dezembro e dura até março. Porém, as temperaturas começam a oscilar por volta de outubro, chegando a 5°C. Já no inverno, oficialmente falando, a temperatura costuma ficar em torno de -15°C e chega a ter baixas que atingem os -40°C. Caso você não curta frio, este é um bom motivo para você visitar a cidade em outra época. No entanto, caso esteja buscando uma aventura gelada, confira boas atividades e onde você poderá praticá-las.

O que fazer em Montreal no inverno?

1. Crosscrountry Ski

Começando por um clássico, que pode ser praticado no Parque Mont Royal, principalmente nos meses de janeiro e fevereiro, épocas em que ocorrem grandes tempestades de neve. Torna-se comum ver pessoas carregando skis e snowboards em estações de metrô e também pelas calçadas (alguns, mais corajosos, chegam a praticar os esportes por ali mesmo).

O parque da cidade, porém, é mais indicado para quem não tem prática e deseja aprender. Essa modalidade de ski se diferencia do ski alpino por não serem necessários teleféricos para subir os picos. Seus próprios calcanhares são usados para se impulsionar morro acima. No Monte Royal, você poderá alugar os materiais todos os dias e fazer algumas aulas.

O Crosscrountry Ski atrai pessoas de diversas idades no Parque Mont Royal | Foto: Whistler Sport Legacies

2. Snowmobile

O snowmobile no inverno de Montreal é como o kart nas temperaturas comuns do Brasil. Lá, você pode alugar o equipamento durante quatro horas e aproveitar alguns caminhos pré-determinados na neve fresquinha. Um lugar bastante indicado para isso é o St. Agathe de Monts (Randoneige), onde você não precisará de guias, por exemplo.

A atividade costuma ser cara, mas é possível encontrar cupons de desconto em alguns sites. Basta juntar alguns amigos e aproveitá-los, tomando cuidado para não atolar o snowmobile por ali!

Em toda a província do Quebec é possível alugar snowmobiles para se aventurar na neve | Foto: Quebec Original

3. Igloofest

Chegou a dica de ouro para os baladeiros de plantão, que não abrem mão de uma boa festa, mesmo em temperaturas negativas: o Igloofest!

Se você está se perguntando o que é isso, eis a resposta: uma rave que acontece todos os anos no Old Port de Montreal, chamado de “the coldest music festival in the world” (em português, o festival de música mais frio do mundo).

Essa festa começou em 2007 e já reuniu milhares de pessoas desde então, começando no meio de janeiro e indo até fevereiro. Como as festas sempre ocorrem durante a noite, você poderá enfrentar temperaturas que vão de -15°C a -30°C.

A produtora do evento divulga mais informações em seu site, desde valores de pacote e dias avulsos até seu line-up completo. Por isso, a principal recomendação é que você cheque essas informações antes de decidir ir ou não. Caso opte por ir, não deixe de se agasalhar bem.

Estar bem agasalhado pode ser uma garantia para uma boa noite na Igloofest | Foto: NOW Magazine

4. Passear com os cachorros de trenó

Chegou o “momento filme” para você curtir Montreal no inverno. Mas, calma: isso não quer dizer ficar fechado em um chalé assistindo TV, afinal este texto é sobre atividades radicais! A dica, na verdade, é uma tradição dos países árticos que remete às cenas da telona.

A atividade consiste, basicamente, em um trenó puxado por alguns cães, sendo conhecida também como “dog sledding”. Quem quer curtir esse costume precisa buscar os serviços de um canil, como o Les Éboulements, considerado uma referência.

Algumas pessoas consideram esse tipo de entretenimento um pouco cruel, preferindo não praticá-lo devido à preocupação com o bem-estar dos animais. Esse tipo de julgamento, porém, varia de pessoa para pessoa e cabe a você escolher fazê-lo ou não.

Mesmo que algumas pessoas não curtam a prática por considerá-la prejudicial aos cachorros, o passeio de trenó é algo bastante tradicional em Montreal | Foto: ETA Canadá

5. Ice Fishing

Anualmente, algumas pessoas se reunem no rio St. Lauren, em Old Port, para pescar no gelo. Basicamente, a pesca é feita em buracos abertos nos lagos congelados. O Ice Fishing, porém, consiste apenas na observação da prática. No site Quebec Original você poderá encontrar uma lista com todos os lugares em que a atividade acontece.

Pode parecer um pouco tedioso, mas muitas pessoas têm curiosidade a respeito do assunto e, por conta disso, esta é considerada uma das atividades para serem feitas em Montreal no inverno.

O ice fishing não é tão radical quanto as outras práticas no gelo, e requer mais paciência, porém gera curiosidade em muitas pessoas| Foto: Quebec Original

6. Catski

Esse esporte é para quem tem coragem e já está habituado a praticar snowboard e ski. No catski, um snowcat leva os aventureiros para colinas longe das estações, onde não existem teleféricos nem pistas de ski. Uma vez que subiu a montanha, sinta-se livre para descê-la tranquilamente.

Lembre-se apenas que a prática pode ser arriscada para pessoas que não têm costume com o esporte, já que você precisará de ótima coordenação e bons reflexos para desviar de pedras e de outros obstáculos que possam surgir, além de buracos que podem estar escondidos na neve. Aquelas boas pausas em pubs para se esquentar e tomar uma cervejinha também não serão possíveis.

Caso tenha ficado interessado mesmo assim, procure pelo Catski Safari, no Massif du Sud. Lá você poderá ter algumas aulas e ganhar uma boa noção sobre o esporte.

No Catski, você será levado para o alto das montanhas para que possa curtir apenas a neve em seu estado natural | Foto: Chic-Chac

Agora que você já sabe como é Montreal no inverno, que tal começar a planejar sua viagem para conhecê-la e se divertir nas aventuras radicais apresentadas?

Se você ainda não planejou nada, pode começar o processo conhecendo o trabalho da eTA Canadá, uma agência on-line que oferece toda a assistência necessária para que você consiga sua Autorização Eletrônica de Viagem.

O eTA é uma maneira simplificada de entrar no Canadá, que existe desde 2016 para pessoas que estão viajando a trabalho ou de férias. Consulte nosso site e faça seu requerimento: é rápido e fácil!

Curtiu o conteúdo e quer receber mais textos como este? Não deixe de acompanhar nosso blog! Compartilhe com seus amigos e mostre para eles, também, o quanto a eTA Canadá pode ajudá-los a viajar para Montreal. Afinal, essas atividades radicais podem ficar muito mais interessantes na companhia de amigos!

Topo