Como estudar medicina no Canadá legalmente?

Muito se comenta que estudar fora do país é uma experiência excelente, não só pela qualidade de algumas universidades, como também pela própria vivência no exterior. Estudar medicina no Canadá, por exemplo, é sinônimo de uma ótima formação.

Um currículo que tem uma graduação ou pós no exterior sempre será visto de forma diferenciada pelos recrutadores, pois isso também demonstra o domínio de uma língua estrangeira.

Mesmo assim, há um grande receio em torno disso, especialmente quanto à validade do diploma. Será que um profissional graduado por uma universidade canadense pode exercer sua ocupação normalmente no Brasil?

Se você deseja estudar medicina no Canadá, este artigo é perfeito para você. Saiba tudo, a partir de agora, sobre como ter uma graduação de altíssima qualidade.

E se você é médico e pretende viver no país, pode também validar seu diploma brasileiro.

Como se candidatar a uma vaga de medicina no Canadá?

As universidades canadenses oferecem muitas vagas para estrangeiros que desejem estudar medicina no Canadá.

O sistema de ingresso é diferente do das faculdades e universidades brasileiras. No Canadá não existe o tradicional vestibular. Normalmente, os candidatos devem entregar uma série de documentos, que serão analisados. Depois disso, vem a aprovação (ou não).

Também é imprescindível dominar inglês ou francês, dependendo da localização da instituição.

Você vai conhecer logo mais algumas das principais faculdades canadenses, já tendo a chance de escolher a que mais está de acordo com seus planos.

British Columbia

Sempre entre as 40 melhores universidades do mundo, a British Columbia fica em Vancouver, na Costa Oeste canadense. Também tem um campus em Kelowna.

Mesmo sendo pública, todos os seus cursos são pagos. Conta com mais de 60 mil alunos em cursos de graduação e pós.

Diferentemente do Brasil, não há mensalidades, e, sim, anuidades. E para estrangeiros o investimento é bem maior. A universidade não divulga os preços para medicina, mas fazer o Medical Laboratory Science exige um investimento de 42 mil dólares canadenses por ano.

Universidade de Montreal

Situada na cidade de mesmo nome, para estudar nessa universidade é necessário ter fluência em francês. É a segunda maior universidade do Canadá e é considerada a melhor instituição francófona dese tipo no mundo.

Trata-se de um dos melhores centro de pesquisa de saúde do país – perfeito para quem quer estudar medicina no Canadá.

A tuitionfee (anuidade) na Universidade de Montreal é de pouco mais de 20 mil dólares canadenses.

Universidade de Toronto

Localizada ao norte do Financial District, é a instituição canadense que mais recebe verba para pesquisas. Assim, se você busca estudar medicina no Canadá, essa é uma excelente opção.

Tem 45 mil alunos, 35 mil deles matriculados em cursos de graduação das mais diferentes áreas.

Para estudantes internacionais, a anuidade, para o primeiro ano de curso é de quase 42 mil dólares canadenses.

Universidade de Calgary

Na província de Alberta, tem cerca de 30 mil alunos e cinco campi – inclusive um em Doha, no Qatar. E, assim como as instituições anteriores, também abre vagas para estudantes do mundo todo, inclusive para quem quer estudar medicina no Canadá.

Está entre as 10 instituições mais sustentáveis do país, com muitas práticas sustentáveis e edifícios verdes.

Em média, você desembolsa 20 mil dólares canadenses para estudar um ano em Calgary.

Mas se você já se formou e pretende ter uma experiência no exterior trabalhando na profissão que escolheu, veja o que fazer para validar o seu diploma.

Quais as exigências para um médico formado no Brasil poder trabalhar no Canadá?

Um médico brasileiro pode levar anos para conseguir exercer a profissão no Canadá, mas esse é um processo possível.

Normalmente, para exercer a medicina no Canadá com um diploma brasileiro é necessário ter o visto permanente do país, através do Express Entry ou qualquer outro programa de imigração. Depois desse período, é preciso passar por mais 5 anos de residência.

A validação do certificado depende da aprovação em 3 provas. As regras podem variar de acordo com a província, mas os testes são sempre os mesmos, pois são aplicados pelo Medical Councilof Canada:

  • MCCEE – Para médicos formados em outros países;
  • MCCQE 1 – Exame de primeira fase. Os formados no Canadá também deverão fazê-lo;
  • MCCQE 2 – Segunda fase do exame 1.

E não é só. Ao ser aprovado nos testes, é necessário estar habilitado também para fazer a residência. Para isso, basta escolher uma especialização e relizar as provas correspondentes. Muitas pessoas escolhem áreas com concorrência menor ou que exigem um tempo menor nesse período para alcançar esse objetivo.

Ainda existe a possibilidade de fazer um curso de especialização realizado em qualquer instituição canadense. Isso também dá o direito de exercer a profissão no país.

Uma terceira via é participar de um programa que não exija a realização de provas e residência. Saiba mais a seguir.

É possível exercer a medicina sem passar pela aprovação?

Sim, é possível. Se você está indo para o Canadá para trabalhar para uma empresa, você pode fazer uma espécie de estágio nela.

Trata-se do Fellowship Training, ministrado por universidades canadenses e dirigido para profissionais formados em outros países. O participante pode trabalhar como médico na empresa que o contratou no Canadá, ainda que de forma restrita, por um período.

Vale lembrar que a licença serve apenas para essa companhia.

Após o término, fica a critério da corporação contratar definitivamente o profissional ou não. Caso a resposta seja afirmativa, ele segue trabalhando na empresa. Do contrário, ele retorna ao seu país de origem.

Como as vagas são limitadas, é importante se planejar e entrar em contato com uma universidade conveniada o quanto antes para não perder tempo.

Estudar medicina no Canadá ou exercer a profissão no país é difícil e demorado, mas possível. Verifique a especialidade em que deseja atuar, bem como a cidade onde quer viver. É importante ter muita informação a respeito.

Para saber mais sobre trabalhar em empresas canadenses, o blog oferece muito conteúdo a respeito. Novidades são sempre postadas, portanto não deixe de visitar o site. E comente em caso de dúvidas.

Topo