6 dicas certeiras para conseguir uma bolsa de estudo no Canadá

Estudar em um outro país pode parecer um sonho distante para muita gente. Todo o processo de tirar visto, ser aprovado, conseguir a vaga na instituição de ensino, além do dinheiro para custear tudo isso, dificulta ainda mais as coisas. Mas, conseguir uma bolsa de estudos no Canadá pode ser a solução.

Estudar no país não é tão barato. As escolas e universidades, mesmo sendo públicas, são pagas. E a anuidade (os cursos são pagos por ano) tem um preço muito alto para estudantes de outros países.

Apesar disso, muitas oportunidades são dadas para canadenses e pessoas de outros países, por meio das bolsas. Muitos cursos são contemplados, em diversas instituições de cidades diferentes.

Veja agora 6 dicas para conseguir a tão sonhada bolsa de estudos no Canadá e ter uma oportunidade de ouro para incrementar seu currículo.

6 dicas certeiras para conseguir uma bolsa de estudos no Canadá

Antes de tudo, é importante salientar que nada que será relatado a seguir é algo impossível ou que exclui um determinado tipo de candidato. Todos têm chances de conseguir estudar no Canadá sem grandes investimentos.

É essencial também que você faça um planejamento a respeito do curso que deseja realizar, assim como a instituição e cidade onde quer permanecer. Faça uma pesquisa e veja quando é possível concorrer a uma bolsa de estudos, pois isso é feito em apenas algumas épocas do ano.

1 – Fique de olho nas parcerias entre Brasil e Canadá

O Brasil mantém acordos com o Canadá que possibilitam a aceitação de brasileiros nas universidades do país.

Você pode também conseguir uma bolsa de estudos no Canadá por intermédio de órgãos brasileiros. No site da Fundação Capes, você tem mais informações e também conhecerá projetos com inscrições abertas.

As bolsas oferecidas são tanto para graduação quanto para pós, incluindo-se aí especializações, mestrado e doutorado.

Brasil e Canadá também têm acordos que facilitam a entrada de brasileiros nas universidades canadenses.

2 – Procure ajuda

Pedir auxílio pode ser importante em relação à inscrição para a universidade e entrada de visto.

Nem sempre os formulários são fáceis de serem preenchidos e uma sequência de erros pode colocar tudo a perder. Por isso, sempre que sentir necessidade, peça ajuda.

Normalmente, as universidades mantêm um canal aberto para tirar dúvidas e instruir a maneira correta de realizar o processo. Você também pode pedir o apoio de um professor de sua faculdade ou escola, pois ele poderá dar informações úteis para que você consiga sua bolsa de estudos no Canadá.

Quando essa etapa já estiver concluída, você já deve reunir toda a documentação para dar entrada no visto.

3 – Atenção na hora de tirar o visto

Todo cuidado é pouco na hora de separar os documentos para tirar o visto. Caso contrário, seu sonho de uma bolsa de estudos no Canadá pode ser adiado.

Ao contrário de alguns outros países, tirar visto para o Canadá não é tão complicado. A principal dificuldade não é consegui-lo e sim reunir a documentação corretamente. Tenha bastante atenção nisso, pois um erro pode colocar tudo a perder.

Se você precisar de um tempo para obter a documentação desejada pelo consulado, não se desespere. Mantenha a calma e o foco em conseguir tudo o que é exigido.

E não substitua documentos por conta própria, em hipótese alguma. Por exemplo, o tamanho da foto deve ser exatamente o que for pedido. Há um rigor muito grande nesse aspecto.

Para saber como tirar o seu visto online, clique aqui.

4 – Faça uma excelente carta de motivação

A carta de motivação deve ser muito bem escrita e persuasiva, mas sem tom desesperador.

Um documento muito importante pedido pelas universidades é a carta de motivação. Por meio dela, você precisa convencer seu leitor de que merece ter uma bolsa de estudos no Canadá.

Para isso, basta ser sincero e manter a calma nas palavras. Preste atenção: é muito importante ter cuidado com erros de gramática e ortografia.

Ao terminar, peça para uma pessoa de confiança ler a sua carta e avaliar de forma genuína.

5 – Atenção na entrevista

A entrevista avalia nível de inglês e comprometimento do candidato.

Um dos passos consiste em uma entrevista presencial, na qual são avaliados o nível de inglês do candidato (ou francês, caso queira estudar na província de Quebec) e seu comprometimento.

Em primeiro lugar, mantenha a calma e encare como se fosse uma entrevista de emprego, aliás, é bem parecido mesmo. Mostre ao entrevistador que você tem um projeto de vida definido e esse curso no Canadá irá ajudá-lo nessa jornada.

Também deixe claro como usará todo o conhecimento adquirido durante o tempo em que estiver no país.

6 – Insista sempre

Tentar, tentar e tentar. Nunca se pode desistir no primeiro não.

Mesmo quando seu visto for negado ou seu pedido na universidade, não desista. Mantenha o objetivo de conseguir uma bolsa de estudos no Canadá sempre vivo.

Evidentemente, a frustração é inevitável. Mas, você pode pleitear novamente o visto, já corrigindo o equívoco anterior. Observe que na carta enviada pelo consulado, tudo é especificado. Neste link, você tem acesso a um texto daqui mesmo do blog que explica como proceder nesse caso.

Você pode também tentar uma bolsa em uma ou mais universidades quantas vezes desejar.

Por isso, é importante se inscrever para o processo de mais de uma instituição. Por mais que separar documentos não seja uma tarefa das mais agradáveis, isso tudo é necessário.

Você já conhece o eTA visto para o Canadá? Agora ficou fácil viajar para o país. É rápido e online! Entre em contato para mais informações.

Se você ainda tem dúvidas, deixe seu comentário abaixo. Aproveite para ler mais conteúdos sobre como conseguir uma bolsa de estudos no Canadá. Fique atento aos artigos novos com mais dicas para você alcançar sua meta em breve.

Topo