12 pontos turísticos canadenses imperdíveis de se conhecer

Os pontos turísticos canadenses registram a grande diversidade cultural de um país acolhedor e repleto de oportunidades aos estudantes e trabalhadores brasileiros.

O Canadá é um dos 10 países mais ricos do mundo e tem o 3º maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do planeta (0,967).

É também um dos maiores produtores e exportadores de alimentos, sem falar na grande procura das escolas canadenses para programas de intercâmbio.

Falando um pouco mais sobre os pontos turísticos do Canadá, o país possui diversas opções de passeios para curtir com a família, os amigos ou mesmo sozinho (a).

Alguns dos locais preferidos dos turistas são o Parque Banff, na região das Montanhas Rochosas Canadenses, o Monte Logan, no território de Yucon (na parte ocidental do Canadá) e Os Apalaches, que são constantemente citados em várias produções artísticas.

Além destes lugares paradisíacos, o Canadá possui mais de 2 milhões de lagos, 834 sítios históricos e mais de 1000 parques espalhados por suas províncias, entre outras belezas naturais que justificam o grande volume de visitas turísticas em todas as estações do ano.

E o objetivo deste artigo é justamente apresentar uma lista com os principais pontos turísticos do Canadá, que de fato, representam a diversidade cultural do país e que proporcionam aos visitantes experiências inesquecíveis.

Acompanhe e surpreenda-se!

12 pontos turísticos canadenses para se encantar

1. Stanley Park

Este é o maior parque de Vancouver e já foi considerado o mais belo do planeta devido à sua natureza rara e exuberante.

São quase 400 hectares de trilhas desafiadoras e uma incrível vista para a famosa ponte Lions Gate, além do fato de ter se formado quase que naturalmente em volta da cidade.

O Stanley Park é famoso por oferecer espaço para caminhadas, ciclismo, espetáculos e o Vancouver Aquarium, outro ponto turístico canadense considerado parada obrigatória em uma excursão pelo país.

São cerca de 10 km de área verde mesclada com inúmeras lojas de souvenirs, bares, restaurantes e galerias de arte, tudo isso a poucos minutos do centro de Vancouver, nos arredores do Canadá Place, uma das regiões mais belas e tranquilas da cidade.

Um dos pontos turísticos do Canadá localizado na extremidade de Vancouver.

2. Museum Real da Colúmbia British

Aqui trata-se de um passeio para quem é apaixonado (a) por história, já que o museu exibe peças originais do período anterior à colonização do país, quando ali viviam os chamados “First Nations” ou “Povos Primitivos” da região.

Localizado na cidade de Victória, também em Vancouver, é descrita por muitos como uma das melhores experiências turísticas que o país oferece, pois registra, em forma de arte, todo o esforço dos primeiros colonos canadenses e mostra o respeito com o qual a grande maioria da população trata as conquistas de seus antepassados.

Neste museu também podem ser apreciadas exposições interessantíssimas, como “A História Humana”, que apresenta vários objetos, utensílios pessoais, móveis e vestuários utilizados pelos primeiros habitantes do país.

Outra exposição fantástica é a ”História Natural”, com uma série de réplicas de animais extintos e em vias de extinção, além da galeria “Povos Primitivos”, que retrata, através de vários objetos, o dia a dia dos aborígenes que viviam na região do Canadá antes da colonização pelos franceses e, posteriormente, pelos ingleses.

Museum Real da Colúmbia British, outro dentre os mais famosos pontos turísticos do Canadá.

3. Seawall in Vancouver

Trata-se de um parque que fica entre o Stanley Park e a costa canadense, bastante procurado por turistas que desejam conhecer a parte litorânea da cidade.

São cerca de 21 km de trilhas íngremes, um verdadeiro desafio para longas descidas de Mountain Bike, skate e patins, que podem ser alugados por algumas horas em vários pontos do percurso que ladeia (na forma de uma muralha) o Stanley Park.

E para completar o passeio neste que é um dos mais procurados pontos turísticos do Canadá, o visitante ainda pode tirar fotos com vista privilegiada para a famosa ponte Lions Gate, além da famosa English Bay, uma das baías mais frequentadas do Canadá.

Turista aproveitando o fim de tarde em Seawall para se exercitar.

4. Whistler Mountain Bike Park

O local é considerado o “Templo do Mountain Bike” e está localizado na cidade de Whistler, na Colúmbia Britânica.

A região pode ser descrita como uma pequena vila só para pedestres e tudo ao redor demonstra a simplicidade e hospitalidade do povo canadense, sem contar as belas montanhas nevadas que dão o toque final da paisagem.

A maioria dos atletas afirmam que o Whistler Mountain Bike Park possui alguns dos melhores percursos do mundo, e, por este motivo, o local é constantemente escolhido para eventos internacionais de Downhill.

Este é um dos pontos turísticos do Canadá obrigatórios para quem gosta de esporte, sem deixar de lembrar que o Whistler Mountain Bike Park também oferece as condições necessárias para a prática de snowboard, esqui e bobsled.

O “Templo do Mountain Bike” em Whistler, Canadá.

5.Old Quebec

Como o próprio nome diz, trata-se da região antiga da cidade de Quebec (sudeste do Canadá), que caracteriza-se por ser um território com arquitetura bastante singular, de estilo clássico, repleto de construções erguidas nos séculos XVIII e XIX.

Famosa por ser a “guardiã” das influências coloniais francesa (apesar de mesclada pela colonização inglesa do país), possui um charme bastante característico, já que seus prédios ainda guardam os mesmos traços do passado, inclusive as lojas, bares, escolas e restaurantes.

O local recebe muitos visitantes, principalmente entre os meses de maio e junho (durante a primavera), quando a temperatura é mais agradável, o que permite uma visão privilegiada do Rio Sain Laurent e do Castelo Chateu Frontenac, além de outros pontos turísticos do Canadá.

Old Quebec, um reduto da cultura francesa no Canadá.

6. Parliament Hill

O “Parliament Hill” ou a “Colina do Parlamento” é uma área que abriga, entre outros monumentos, o prédio do Parlamento Canadense, que foi construído em 1859 e se tornou um dos mais belos cartões-postais do Canadá.

Está localizado na capital canadense, Ottawa, e impressiona principalmente pelos inúmeros prédios históricos, entre eles a “Biblioteca Nacional”, o “Prédio do Senado” e o “Memorial Chamber” (em homenagem aos soldados mortos na guerra contra a França).

Outras particularidades do local são as belas estátuas e as extensas áreas verdes, além da famosa “Cerimônia da Troca de Guarda”, uma das das mais tradicionais do país.

Para conhecer o Parliament Hill, é necessário retirar um bilhete gratuito em frente ao Prédio do Parlamento e chegar com antecedência de pelo menos 15 minutos ao local.

Os turistas passam por uma pequena revista (por questões de segurança) e na sequência podem ter acesso ao interior do Parlamento, que dentre outros atrativos, oferece um verdadeiro show de luzes logo na entrada (durante o verão).

Pontos turísticos do Canadá: realize um passeio noturno em Ottawa e confira o esplendor do Parliament Hill.

7. Museu de Antropologia

Este museu é conhecido como “O Museu da Diversidade” graças ao imenso acervo contendo objetos históricos de diversos países, como Portugal, Japão, México, China, África, e até mesmo do Brasil, com um setor dedicado à exposição sobre a floresta amazônica.

Está localizado no interior da University of British Colúmbia, em Vancouver, e presta uma espécie de homenagem à cultura dos povos aborígenes que povoaram o Canadá antes da colonização.

O “Museu de Antropologia” é mais um dos pontos turísticos do Canadá indicados especialmente aos visitantes que apreciam passeios repletos de ensinamentos históricos e culturais.

O ambiente é cercado por objetos primitivos: potes, vasos, totens, canoas e um local interativo onde todos podem manipular vários artefatos pré-históricos feitos de madeira, barro e cimento.

Os totens representam a herança dos aborígenes na construção da identidade do povo canadense.

8. Niágara Falls

Niágara Falls é uma cidade da província de Ontário e fica próxima à fronteira com os Estados Unidos, cuja principal atração são as famosas Cataratas do Niágara (vistas pelo lado canadense).

O passado desta cidade também é tema de longas conversas, já que ela foi palco de uma guerra entre norte-americanos, ingleses, canadenses colonizadores e nativos que lutaram pela hegemonia na região.

Porém, hoje é um dos pontos turísticos do Canadá ideais para momentos de descanso em meio a natureza exuberante, sem falar nos passeios despretensiosos pela avenida Clifton Hill (região repleta de atrações para os turistas), experiências com tirolesas, casinos, bares e restaurantes.

Para completar a lista de atrações da cidade, os turistas ainda podem embarcar no famoso Maid of The Mist, que conduz os mais aventureiros para apreciarem bem de perto as belezas das cataratas.

As Cataratas do Niágara: um verdadeiro espetáculo natural exclusivo do Canadá!

9. Myra Canyon Park

O Myra Canyon Park figura na lista dos pontos turísticos do Canadá mais fascinantes e preserva uma fileira de pontes construídas manualmente no fim do século XIX, ao longo das paredes de um imenso canyon localizado na região de Kelowna, na Colúmbia Britânica.

São cerca de 18 pontes e 2 túneis que atravessam toda uma região montanhosa, geralmente apreciada em passeios de bicicletas alugadas em uma das extremidades do trajeto: na Myra Canyon Bike Rentals ou na Little White Service Road.

Há também a opção de visitar o local com um (a) guia turístico profissional, que pode ser contratado na Monashee Adventure Road.

O percurso tem um total de 11 km e leva até 5 horas para o reconhecimento de toda a região.

Pode parecer muito tempo de passeio, mas não se engane: a experiência vale muito a pena, principalmente pelo contato com as belíssimas paisagens que se descortinam durante toda a viagem.

Uma das 18 pontes que compõem o Myra Canyon Park.

10. Canadian Warplane Heritage Museum

Este é um museu criado por uma dupla de amigos amantes da aviação que resolveram montar uma estrutura para abrigar e manter dezenas de modelos de aviões antigos (a maioria da 2ª Guerra Mundial), contando com a ajuda de voluntários para a reconstrução e manutenção dos equipamentos.

O museu está localizado na cidade de Hamilton, Ontário, em um local reservado no aeroporto da cidade, contando com cerca de 40 aviões antigos, tais como o “WW1” e o famoso “Lancaster Bomber”.

Em pouco tempo, o Canadian Warplane Heritage Museum ganhou popularidade dentro e fora do país, sendo um dos pontos turísticos do Canadá mais indicados para passeios familiares.

Pagando uma entrada em torno de US$ 14 dólares, o visitante ainda poderá receber pequenas aulas de aviação, história da aeronáutica e acompanhar alguns aviões sendo restaurados.

Réplica do famoso “Lancaster Bomber”.

11. Rypley’s Aquarium of Canadá

Localizado na cidade de Toronto, este é um dos mais famosos aquários do Canadá, cujo destaque é a imensa quantidade de peixes exóticos, corais e piscinas com águas-vivas que mudam de cor a cada momento (para o deleite das crianças), bem como diversas espécies marinhas ameaçadas de extinção.

Ou seja, mais um dentre os pontos turísticos do Canadá para aproveitar na companhia da família e dos amigos em um passeio vespertino pelo país.

Além disso, o visitante pode percorrer um túnel envidraçado que permite admirar a movimentação (em todas as direções) dos peixes mais coloridos e fascinantes que se possa imaginar.

Dá também para conhecer as estruturas que permitem o seu funcionamento do aquário e acompanhar os mergulhadores alimentando os peixes, tudo isso em um ambiente que lembra o cenário dos filmes de ficção científica.

O local ainda possui teatros, bares e restaurantes premiados, estruturado com as condições necessárias para uma verdadeira imersão na vida marinha do Canadá!

O Rypley’s Aquarium visto de um ângulo especial.

12. Basílica de Notre-Dame

Calma! Esta não é a famosa Basílica situada em Paris, e sim, o último dos pontos turísticos do Canadá da nossa lista!

A “Basílica de Notre-Dame” está localizada na região da Vieux-Montreal (Velha Montreal) e os visitantes podem conhecer todo os detalhes da arquitetura deste verdadeiro monumento canadense acompanhados por guias turísticos fluentes na língua inglesa e francesa.

A iluminação é especial e o interior foi totalmente revestido em madeira nobre, bem como os adornos, a abóbada e os vitrais característicos do período românico.

Turistas e locais se unem entorno de uma mesma fé na Basília de Notre-Dame, em Montreal.

Dessa forma, a “Basílica de Notre-Dame”, no Canadá, é considerada simplesmente uma das mais belas do mundo e um dos principais cartões-postais do país.

Viu quantas atrações e quanta diversidade cultural os pontos turísticos do Canadá oferecem?

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais, e caso queira acrescentar outros pontos turísticos canadenses com nossos leitores, deixe-os no campo de comentários logo abaixo.

Obrigado pela companhia. Até a próxima postagem!

Topo